Jornal do Brasil

Quinta-feira, 27 de Novembro de 2014

Rio

Operação Puris cumpre 51 mandados de prisão preventiva contra traficantes 

Jornal do Brasil

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) e a Polícia Federal deflagraram, na manhã desta quinta-feira (22/05), a Operação Puris. A ação tem como objetivo cumprir 51 mandados de prisão preventiva contra traficantes ligados às facções criminosas Comando Vermelho (CV), Terceiro Comando Puro (TCP) e Primeiro Comando da Capital (PCC).

Eles são acusados pelos crimes de associação para o tráfico e tráfico de drogas, praticados em Resende, com extensão em outros municípios da região Sul Fluminense e dos estados de São Paulo e Minas Gerais. Parte dos suspeitos também responde por porte ilegal de arma e crime de informante do tráfico.

De acordo com a denúncia, a organização conta com a participação de adolescentes a revenda de drogas e tem liderança exercida por membros atualmente presos, tendo a comunicação sido estabelecida por eles por meio de ligações telefônicas. Os grupos criminosos seriam responsáveis por outros crimes,  como homicídios, lavagem de dinheiro e tráfico de armas, tendo inclusive contato com a facção criminosa paulista vulgarmente conhecida por PCC.

Ao longo das investigações, os policiais federais e os agentes do Grupo de Apoio à Promotoria de Volta Redonda apreenderam 55 quilos de entorpecentes (crack, cocaína e maconha), um revólver .380, 30 cartuchos .380, dinheiro e farta quantidade de material para preparação e mistura de drogas arrecadados em laboratório de refino sediado no município de Itatiaia.

A Operação Puris também conta com mandados de busca e apreensão e o sequestro de bens e valores dos denunciados.

Participam da operação 30 delegados e 130 agentes da Polícia Federal e quatro promotores de Justiça, além de 47 agentes da Coordenadoria de Segurança e Inteligência do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro.

 

Tags: ação, combate, federal, polícia, tráfico

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.