Jornal do Brasil

Terça-feira, 22 de Julho de 2014

Rio

Linha 4 do Metrô esclarece causas do assentamento de solo em Ipanema

Jornal do Brasil

Representantes do Governo do Estado do Rio de Janeiro e do Consórcio Linha 4 Sul, responsável pelas obras da Linha 4 do Metrô entre Ipanema e Gávea, se reuniram na manhã desta terça-feira (20/05) com moradores da Rua Barão da Torre (Ipanema) para esclarecer as causas do incidente ocorrido na madrugada do dia 11 de maio. Foi informado que o resultado das análises do assentamento de solo demonstra que o incidente foi causado por um comportamento anormal e pontual na face de uma rocha fraturada durante a escavação do túnel do metrô no subsolo da via. Essa rocha se desprendeu e afetou pequenos blocos vizinhos, ocasionando a descompactação do terreno. Desse modo, o processo evoluiu até a região de solo arenoso, e repetidamente até chegar à superfície.

Os moradores foram tranquilizados quanto à segurança das edificações do entorno, que são monitoradas 24 horas por dia com instrumentos (pinos de recalque e clinômetros) que possibilitam o acompanhamento de como as edificações se comportam antes e durante as obras. Todas as medições desta instrumentação estão dentro dos limites esperados, sem risco para os prédios.

O Consórcio Linha 4 Sul informou ainda que, para retomar a construção do túnel entre Ipanema e Gávea, vai iniciar nos próximos dias serviços que devolvam a coesão ao terreno nesta região da Rua Barão da Torre. Serão feitas injeções de cimento no solo. E as escavações do túnel em Ipanema devem ser retomadas dentro de 45 a 60 dias.?

Tags: Metrô, Obras, Sul, Transportes, Zona

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.