Jornal do Brasil

Quinta-feira, 2 de Outubro de 2014

Rio

Empresas já consertaram a maioria dos 325 ônibus depredados no Rio

Agência Brasil

A maioria dos 325 ônibus depredados no início da greve dos motoristas e trocadores do Rio na manhã de hoje, foi consertada, segundo o sindicato das empresas, o Rio Ônibus. As peças mais trocadas foram retrovisores, janelas e para-brisas. A área da cidade mais afetada pela greve, segundo o sindicato, é a Zona Oeste do Rio, incluindo Barra da Tijuca e Jacarepaguá.

A concessionária do metrô do Rio, a MetrôRio, recebeu em torno de 30 mil usuários a mais entre entre as 5h e as 10h de hoje (8), devido à paralisação dos ônibus. O número representa  12,9% a mais para o período.

A concessionária dos trens urbanos, SuperVia, registrou aumento de 10% no número de passageiros em relação à média diária, até as 9h, mas não foi informado o número de passageiros.

A concessionária disse que opera com toda a capacidade, com 1 milhão e 600 mil lugares disponíveis nos vagões, além de ter reforçado a equipe de atendimento nas principais estações. A SuperVia garantiu estar preparada para atender ao possível aumento da demanda de passageiros no fim do dia.

Tags: coletivos, Metrô, paralisação, Rio, trens

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.