Jornal do Brasil

Terça-feira, 2 de Setembro de 2014

Rio

Rio de Paz protesta contra a morte de crianças em operações policiais

Agência Brasil

A ONG Rio de Paz promoveu hoje (7) na areia da Praia de Copacabana, zona sul  do Rio, em frente ao Hotel  Copacabana Palace, um protesto alusivo à morte de crianças durante operações policiais em comunidades da capital fluminense. Dez cartazes estão expostos na areia relembrando as vítimas desde 2007. No protesto, a ONG também levou a bola oficial da Copa do Mundo com cruzes vermelhas, simbolizando o desperdício de dinheiro público, associado à falta de política pública para a área segurança e para as comunidades carentes.

De acordo com o presidente do Rio de Paz, Antonio Carlos Costa o objetivo do protesto é cobrar da Secretaria de Segurança Pública mais cuidado nas operações em favelas e evitar o caso ocorrido na segunda-feira (5), quando o menino Vitor Gomes Bento, de 8 anos foi baleado na cabeça, durante confronto entre policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Morro dos Macacos e criminosos da região. 

"Nós estamos protestando contra as mortes de crianças em operações policiais. Nós estamos pedindo que as autoridades de segurança orientem seus policiais a entrarem com mais cuidado nestas comunidades, que eles se preocupem mais em preservar a vida de um inocente do que prender um bandido", disse.

Antonio Carlos Costa disse que a manifestação não é contra a realização da Copa do Mundo no Brasil, mas que este dinheiro gasto na realização do evento deveria ser utilizado para as áreas de saúde, educação e segurança .

Tags: crianças, morte, protesto, Rio, rio de paz, secretaria segurança pública, upp, vitor bento

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.