Jornal do Brasil

Terça-feira, 23 de Setembro de 2014

Rio

Comissão da Verdade consegue advogado para caseiro do coronel Malhães

Jornal do Brasil

Após um pedido formal do presidente da Comissão da Verdade do Rio de Janeiro, Wadih Damous, a defensoria pública do estado designou hoje (07) o defensor Leonardo Meriguetti Pereira  para atuar como advogado do caseiro Rogério Pires, acusado de envolvimento na morte do coronel do Exército aposentado Paulo Malhães . 

O caseiro, que está preso na Delegacia do Leblon, informou nesta terça-feira, durante a visita de Damous e uma comissão de três senadores, que estava sem advogado e, inclusive, prestara depoimento à Polícia Civil logo após ser preso sem a presença nem mesmo de um defensor público.

Ao sair da conversa com o caseiro na Delegacia do Leblon, o presidente da Comissão da Verdade do Rio oficiou à Defensoria Pública para que designasse um defensor público para atuar no caso. Na conversa com Damous e os senadores, o caseiro Rogério Pires, que admitiu ser analfabeto, negou que durante o depoimento que prestara à polícia tenha admitido participação no assalto à casa do coronel que denunciou dias atrás à Comissão da Verdade tortura durante o regime militar.

Tags: Assalto, Casa, coronel, ditadura, MILITAR, tortura

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.