Jornal do Brasil

Segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

Rio

Copa do Mundo: Paes nega medida de segurança anunciada por Pezão

Jornal do Brasil

O prefeito Eduardo Paes negou a medida anunciada pelo governador Luiz Fernando Pezão para o policiamento ostensivo no centro do Rio durante a Copa do Mundo. O governador disse que a Guarda Municipal trabalharia junto à Polícia Militar durante o Mundial. Contudo, Paes declarou desconhecer a ideia e disse ter sido informado pela imprensa.

Durante a entrega de obras do Bairro Maravilho, na Comunidade Mucuripe, na Zona Oeste da cidade, Paes declarou: “Estou sempre disposto a colaborar com o governo do estado na Segurança Pública. Mas, trabalho de polícia é de polícia e de guarda é de guarda. A Guarda Municipal tem as suas limitações e não substitui a polícia de forma alguma. Preciso ainda entender essa proposta do governador”.

Pensando na segurança pública no período da Copa do Mundo, um pacote de medidas foi anunciado na última sexta-feira pelo governador e pelo secretário de Segurança, José Mariano Beltrame. O objetivo é responder ostensivamente ao aumento dos índices de violência registrados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP). A partir de amanhã, segundo Beltrame, dois mil PMs de folga irão reforçar o policiamento e a medida se estenderá durante a Copa.

Tags: bairro maravilha, guarda municipal, Mundial, PM, reforço, Rio de Janeiro

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.