Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Rio

Protesto reúne diversos movimentos sociais na Avenida Brasil

Jornal do Brasil

Um protesto seguiu pela Avenida Brasil no sentido Zona Oeste na altura de Manguinhos, Subúrbio do Rio A passeata começou de manhã e foi até o início da tarde desta quinta-feira (1). O protesto foi organizado por um comitê formado por diversos movimentos sociais e, segundo representante do Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Rio de Janeiro (Sepe), contou com cerca de 500 pessoas.

 Os manifestantes aproveitaram o 1 de maio para levar diversas lutas às ruas. O protesto contou com a presença de sindicatos como o do Comperj (que encerrou uma greve em março), Sindipetro, Sepe  (que prevê greve para esse mês) e o dos Servidores Federais da Educação, que conta com vários profissionais em greve no momento. Também estavam presentes outros movimentos como a Associação Nacional dos Estudantes Livres (Anel), o Comitê Popular da Copa, que é contra o mega-evento que acontece em junho. 

De acordo com o diretor do Sindicato dos Petroleiros do Estado do Rio de Janeiro (Sindipetro-RJ), Brayer Grudka Lira, o objetivo do ato é trazer os trabalhadores dessas comunidades para a mobilização.

“Primeiro de maio é a data símbolo de luta da classe trabalhadora. Fizemos perto da Maré porque no Rio de Janeiro vivemos uma crise na segurança pública e vemos uma intervenção do Exército nas comunidades, que têm trabalhadores, e não bandidos como os governos querem colocar. Por isso, é importante que a gente traga o ato para perto das comunidades, perto da classe trabalhadora, onde eles moram, para eles virem na luta conosco contra o capital, na luta pela melhoria das condições de trabalho e de emprego e também de segurança dos trabalhadores”.

A passeata saiu da FrioCruz e foi até a Escola Municipal Bahia, próximo a Manguinhos, em Bonsucesso.A Polícia Militar acompanhou a manifestação que, segundo contagem deles, tinha cerca de 100 pessoas. Não houve conflito. 

*Com informações da Agência Brasil

Tags: avenida brasil, dia do trabalho, manifestação, Rio de Janeiro, sepe

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.