Jornal do Brasil

Quarta-feira, 30 de Julho de 2014

Rio

Beltrame: "quem atira em policiais deve ser levado para presídios federais"

Jornal do Brasil

Durante a inauguração da Companhia Destacada da Policia Militar do Fonseca, em Niterói, o secretário de Segurança do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, defendeu a aplicação de punições mais severas para quem matar policiais. Beltrame lembrou de mais um caso de PM baleado na manhã desta quinta-feira, no Complexo do Alemão, na Zona Norte. "A PM está sangrando e hoje balearam mais um policial", lamentou.

Para o secretário de Segurança, quem atira em policial deve ser levado para presídios federais. "A minha posição, em relação a quem mata policial e for preso, é de levar para presídio federal. Eu espero que o governo federal nos entenda. O policial aqui no Rio está sendo alvo de marginais. Os policiais estão sendo mortos pelas costas. Esses policiais estão combatendo a tirania. Não são policiais que estão nas ruas patrulhando normalmente, como se patrulha em qualquer lugar do mundo. São policiais que estão patrulhando em lugares que nunca foram patrulhados. Eu conto com a sensibilidade do governo federal para que essas pessoas mataram policiais saiam dessa cidade, principalmente dessas áreas onde eles se posicionam de maneira prevalecida", disse o secretário.  

Na tarde desta quinta-feira, o governo do Estado inaugurou, na Vila Kennedy, a Ouvidoria Itinerante da Unidades de Policia Pacificadora. A ouvidoria irá percorrer todas as comunidades pacificadas obtendo informações, sugestões, reclamações e denúncias com o foco na satisfação do cidadão que vive nas comunidades com UPPs.

Tags: feridos, pacificadora, polícia, Rio, unidades

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.