Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Rio

'El País': Crônica de uma pacificação falida

Jornal espanhol aborda assassinato de DG e violência policial

Jornal do Brasil

Na reportagem "Crônica de uma pacificação falida", publicada no último sábado (26) pelo jornal espanhol El País, o assassinato de Douglas Rafael da Silva Pereira, na favela Pavão-Pavãozinho, foi o foco do jornalista. 

A matéria afirma que existem vários elementos que apontam que DG foi mais uma vítima de uma violência policial fora do controle. Segundo o texto, várias testemunhas que estavam presentes próximas ao local do acontecimento asseguram que naquela noite não houve nenhum confronto armado entre os traficantes e policiais, como sustenta a Polícia Militar para manter a tese da morte por “bala perdida”.

O Jornal do Brasil já vinha destacando, em seus editoriais, a falta de sintonia entre os discursos das autoridades que insistiam em chamar as comunidades de "pacificadas" e os fatos, que mostravam que a insegurança e a violência continuavam a reinar nestas regiões.

>> Veja. Os 'césares' do Rio, uma cidade em chamas

O El País chegou a entrevistar a mãe de Douglas, que repetiu que seu filho foi assassinado. Ela também assegurou que irá até onde for necessário para que “se saiba a verdade”, custe o que custar. Seus planos incluem a cooperação da Anistia Internacional e de dois experts norte-americanos independentes, que também trabalharão nas investigações. E se for necessário, disse ao El País, pedirá que o cadáver seja exumado. A matéria também entrevistou moradores do Pavão, que afirmaram que a UPP tem a rejeição total da comunidade e que agressões e insultos são frequentes.

Reportagem lembra morte do dançarino Douglas
Reportagem lembra morte do dançarino Douglas

Por fim, a reportagem defende que "a sensação de que esta favela estava saindo pouco a pouco do poço da violência e do crime evaporou de repente". Segundo fontes locais, a milícia já está infiltrada nas formações da UPP local, o que seria o principal motivo da deterioração da convivência entre a tropa e a população.

Tags: assassinato, douglas, pacificação, polícia, upp, violência

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.