Jornal do Brasil

Sexta-feira, 20 de Julho de 2018 Fundado em 1891

Rio

Protesto e confronto em Copacabana, após enterro do dançarino DG

Jornal do Brasil

O clima de tensão permaneceu após o enterro do dançarino Douglas Rafael da Silva Pereira, no Cemitério São João Batista, em Botafogo, zona Sul do Rio de Janeiro. Um grupo de manifestantes, entre eles amigos e parentes da vítima, seguiu em caminhada pelas ruas da região. O protesto foi em direção à Rua Sá Ferreira, em Copacabana, nas proximidades da comunidade Pavão-Pavãozinho. Por volta das 16h30, os manifestantes chegaram na Avenida Nossa Senhora de Copacabana e bombas de gás foram ouvidas e houve uma correria. O trânsito foi interrompido na via.

Grupo Black Bloc convoca internautas para manifestação contra morte de DG

Pela sua página no Twitter, o grupo Black Bloc convocou os internautas para participar da caminhada e afirmavam que "agora é a vez da Av. Nossa Senhora de Copacabana sentir essa revolta de anos e anos..".  Segundo a Polícia Militar, um grupo de manifestantes começou um tumulto e entrou em conflito com os PMs que acompanhavam a caminhada. Os PMs teriam lançado as bombas de gás para dispersar o grupo. 

Comerciantes fecharam as portas na Avenida Nossa Senhora de Copacabana e na Rua Barata Ribeiro, duas principais vias do bairro. Ás 17h a situação era mais tranquila e o trânsito liberado nas duas vias. 



Tags: douglas, protesto, sul, tensão, zona

Compartilhe: