Jornal do Brasil

Sábado, 30 de Agosto de 2014

Rio

Rio: italiano que matou família teria 70 armas

Portal Terra

A polícia do Rio de Janeiro tem indícios de que o italiano Enrico Telece, de 58 anos, acusado de matar mulher e a filha nesta segunda-feira, é dono de cerca de 70 armas. O italiano foi preso em casa, na favela do Jacarezinho, na zona norte da capital, após matar a mulher, Denise de Almeida Rodrigues, de 29 anos e a filha, Marina Telece, de 3 anos, com tiros na cabeça.  Depois, ele tentou se matar. Os policiais encontraram na casa do italiano um documento que diz que ele é dono de aproximadamente 70 armas, mas a polícia encontrou no local apenas a pistola que ele teria usado para matar a família.

Telece morava no Brasil desde janeiro deste ano e estava desempregado. Ele já trabalhou como administrador, segundo a Polícia Civil. Por volta das 16h de segunda-feira, ele atirou na mulher e na filha. Brasileiras, elas morreram em casa. Vizinhos ouviram os disparos e chamaram a polícia. Os agentes da Divisão de Homicídios da Polícia Civil aguarda Telece ter alta médica para ouvir o depoimento dele. O italiano, que teria dado um tiro na própria cabeça, está internado em estado grave no Hospital Souza Aguiar, no Centro do Rio. Segundo a secretaria municipal de Saúde, Telece está no Centro de Terapia Intensiva da unidade e passou por neurocirurgia na segunda-feira.

Tags: atirou, favela, Filho, italiano, jacarezinho, mulher, preso

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.