Jornal do Brasil

Sábado, 1 de Novembro de 2014

Rio

Após interdição, Avenida Brasil tem tráfego lento

Linha Vermelha e ruas de desvio também têm trânsito complicado nesta tarde

Portal Terra

O motorista do Rio de Janeiro encontra trânsito lento na Avenida Brasil, interditada nas proximidades de Ramos, junto ao acesso à Ilha do Governador, para a realização de obras de construção do arco do Viaduto Pedro Ernesto, e na Linha Vermelha, principal opção de trânsito para os motoristas devido à interrupção do trânsito na Avenida Brasil. A Avenida Brasil foi interditada às 22h de domingo.

Segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, o trânsito está lento na Linha Vermelha, sentido Centro, a partir da Avenida Presidente Kennedy, devido a um acidente entre um carro e veículo utilitário nas proximidades de Duque de Caxias. No sentido Baixada da Linha Vermelha, há lentidão perto do Hospital do Fundão. 

Já a Avenida Brasil tem congestionamento em direção ao Centro a partir da Rua Nair, em Olaria, até o acesso para a Avenida Teixeira de Castro, uma das ruas que os motoristas usam como desvio do trecho interditado da Avenida Brasil para as obras do viaduto que integrará o BRT Transcarioca.

A via continuará fechada ao trânsito até às 10h de quarta-feira. A prefeitura pede que os motoristas evitem circular no entorno e informa que os motoristas devem optar pela Linha Vermelha.  Devido à interdição da Avenida Brasil, o tráfego de caminhões foi liberado na Linha Vermelha da meia-noite desta segunda-feira até às 12h de quarta-feira.

A prefeitura orienta a população a usar o transporte público, pois apesar de a prefeitura e o governo do estado terem decretado ponto facultativo nesta terça-feira, muitos cariocas irão trabalhar, já que a terça-feira, véspera de feriado de São Jorge, é dia útil. O Centro de Operações teme que a Linha Vermelha, principal alternativa à Avenida Brasil, fique sobrecarregada. Várias linhas de ônibus tiveram seu itinerário alterado por causa da interdição na Avenida Brasil. É o que vai acontecer com as linhas 326, 328, 634, 635, 696, 322, 324 e 329 (provenientes da Ilha do Governador com destino ao Centro / Méier e Tijuca); 901, 911 e 915 (oriundas da Ilha do Governador com destino a Bonsucesso);  910 (da Ilha para Madureira), 914 (da Ilha para o Jardim América).

Devido à interdição, os motoristas que seguirem pela Avenida Brasil em direção ao Centro devem pegar um desvio pelas seguintes ruas:  Avenida Brasil, Avenida Teixeira de Castro, Rua Barreiros, Rua dos Campeões, Rua da Regeneração, e Rua Sargento Silva Nunes, para depois retornar à Avenida Brasil. O motorista que desejar seguir para a zona oeste pela Avenida Brasil  deve pegar o desvio pelas seguintes vias, na sequência:  Avenida Brasil, Avenida Brigadeiro Trompowski, Retorno, Avenida Brigadeiro Trompowski, Rua Sargento Peixoto, Avenida Almirante Frontin, e Rua Santo Adalardo, para depois retornar à Avenida Brasil.

O Centro de Operações da Prefeitura do Rio orienta os moradores da região não utilizem a Avenida Brasil como área de lazer para andar de bicicleta ou skate, como foi flagrado por câmeras da TV Globo na noite de domingo. Segundo o Centro de Operações, a região tem grande movimentação de operários e maquinário para as obras e não é prudente a circulação da população no local, por questões de segurança.

O arco do Viaduto Pedro Ernesto vai transpor a Avenida Brasil sem nenhum pilar intermediário, num vão livre de 150 metros, e vai ligar a Avenida Postal à Avenida Brigadeiro Trompowski, ao lado do Parque União, na entrada da Ilha do Governador. 

O viaduto Pedro Ernesto será usado exclusivamente como corredor expresso. Ele vai permitir que o BRT cruze a Avenida Brasil sem interferir no trânsito. Devem trafegar na via ônibus articulados, mais longos.

Tags: avenida brasil, fechamento, feriado, tráfego, Trânsito

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.