Jornal do Brasil

Terça-feira, 2 de Setembro de 2014

Rio

Operários das obras do Parque Olímpico mantém greve

Agência Brasil

Os operários da concessionária Rio Mais, responsável por parte das obras do Parque Olímpico da Barra da Tijuca, no Rio, decidiram manter a greve iniciada no último dia 3. Os 2.300 funcionários aderiram e a obra está paralisada.

De acordo com o sindicato dos trabalhadores, na reunião de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho, no dia 9, ficou acordado que os operários voltariam ao trabalho se a empresa chamasse para uma reunião até sexta-feira (11). Como isso não ocorreu, eles decidiram, hoje (14), manter a greve e marcaram para amanhã uma manifestação na Avenida Abelardo Bueno, em frente às obras.

Os operários pedem aumento do tíquete assiduidade, que é um vale compras pago a quem não falta ao trabalho, de R$ 180 para R$ 300, pagamento de hora extra em 100%; plano de saúde extensivo à família e programa de produtividade, que pagaria um adicional para o trabalhador que atingisse uma meta fixada.

A concessionária Rio Mais informa que não apresentará contraproposta aos trabalhadores e aguarda decisão da Justiça quanto à greve. Formada pelas construtoras Odebrecht, Andrade Gutierrez e Carvalho Hosken, a concessionária é responsável pela construção dos pavilhões que receberão as competições de basquete, judô e lutas, além de um hotel. O investimento total, por meio de parceria público privada, é R$ 1,4 bilhão.

Tags: aderiram, barra, concessionária, funcionários, paralisação, Tijuca

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.