Jornal do Brasil

Domingo, 18 de Fevereiro de 2018 Fundado em 1891

Rio

Igreja de 1633 será restaurada no Rio

Agência Brasil

Recursos não reembolsáveis do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no montante de R$ 8,7 milhões, serão concedidos ao Mosteiro de São Bento, localizado na zona portuária do Rio de Janeiro, para aplicação na restauração da  Igreja de Nossa Senhora de Montserrate, construída entre 1633 e 1671. A igreja  integra o conjunto arquitetônico do local. O anúncio  foi feito hoje (14) pelo banco.

O apoio da instituição ocorre por meio da Lei Rouanet . A participação do BNDES corresponde a 80% do total a ser investido.  O projeto  inclui a implantação de um programa de visitação, com   visitas com monitor/educador e  audioguia.

Segundo informou o BNDES, esse recurso do audioguia ainda é pouco usado no Brasil. Ele  terá textos em quatro idiomas  (português, inglês, espanhol e francês),  que abordarão vários assuntos, entre os quais   história da arte, religião, arquitetura, técnicas de restauração e artes plásticas.

Tags: BNDES, mosteiro, recursos, restauração, são bento

Compartilhe: