Jornal do Brasil

Terça-feira, 2 de Setembro de 2014

Rio

Tiroteio interrompe circulação de teleférico no Complexo do Alemão

Jornal do Brasil

Na manhã desta quinta-feira (10), uma troca de tiros interrompeu a circulação do teleférico do Complexo Alemão, na Zona Norte do Rio. Policiais e bandidos entraram em confronto numa região conhecida como Rua 2. 

O confronto deixou moradores assustados e a circulação do teleférico ficou interrompida das 10h57m às 11h40m. Ninguém ficou ferido.

Após a troca de tiros com policiais da UPP, os bandidos fugiram.

Na noite de quarta-feira (9), outro tiroteio já havia assustado moradores do Alemão. De acordo com a Coordenadoria de Polícia Pacificadora, os disparos ocorreram na localidade conhecida como Pedra do Sapo. Não há informações de feridos no confronto nem identificação dos responsáveis.

Na noite anterior (8), o policial militar Rodrigo Tábua Mendes foi baleado no braço após troca de tiros com traficantes, também no Complexo do Alemão. O militar foi socorrido na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Alemão com ferimentos leves e liberado em seguida.

O militar é lotado na UPP do Jacarezinho, mas estava reforçando o policiamento no Alemão devido aos frequentes ataques e emboscadas praticados por criminosos em becos e favelas, principalmente durante a noite e madrugada. Rodrigo participava de uma patrulha com outros policiais na Avenida Centro quando eles se depararam com vários homens armados. No tiroteio, o militar foi ferido sem gravidade no braço.

Desde o início do ano, quatro policiais militares lotadas em UPPs do Complexo do Alemão e da Vila Cruzeiro morreram atingidos por tiros de criminosos. A primeira vítima foi a soldado Alda Rafael Castilho, 27 anos, lotada na UPP do Parque Proletário, na Penha, e atingida por um tiro quando estava em frente à sede da unidade.

Também foram assassinados o soldado Wagner Vieira da Cruz, 33 anos, lotado na Vila Cruzeiro; o soldado Rodrigo de Souza Paes Leme, também de 33 anos, lotado na UPP da Favela Nova Brasília; e o subcomandante da UPP da Vila Cruzeiro, tenente Leidson Acácio, 27 anos. Os crimes ocorreram em pouco mais de um mês, entre os dias 2 de fevereiro e 13 de março deste ano.

Com Agência Brasil

Tags: alemão, Bandido, polícia, tiro, upp

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.