Jornal do Brasil

Segunda-feira, 28 de Julho de 2014

Rio

Crea-RJ: recém-formados em engenharia pela UGF recebem registro provisório

Jornal do Brasil

Esta quinta-feira (3) foi um dia inesquecível para ex-alunos da Gama Filho, universidade que foi descredenciada pelo MEC, em janeiro deste ano. Os recém-formados dos cursos de engenharia mecânica e de produção, no total de 66, receberam do Crea-RJ o registro provisório para o exercício da profissão.

"Ouvindo esses jovens que vieram ao nosso encontro, buscamos uma solução para que eles pudessem exercer a profissão. Até então eles eram apenas profissionais de fato e não de direito, uma vez que não conseguiram obter seus diplomas. Diante desse obstáculo, tomamos uma atitude corajosa para enfrentar essa imensa injustiça", afirmou Agostinho Guerreiro, presidente do Crea-RJ, durante o encontro.

Tudo começou quando um grupo de formandos procurou o Crea-RJ, em busca de orientação. Após a reunião, o presidente Agostinho Guerreiro formou uma comissão objetivando analisar o caso. Para obter o registro provisório, os alunos tiveram que apresentar ao Conselho, além dos documentos pessoais, documento atestando a conclusão da graduação.

"Nós só temos a agradecer ao Crea-RJ, que deu o primeiro voto de confiança para esses jovens. Hoje, eu vejo que o Crea não é só um Conselho, mas é um órgão formado por pessoas de bem, que viram a nossa luta e abraçaram esses profissionais", comemora a coordenadora do curso de engenharia de produção da Universidade Gama Filho, Sandra Regina Freitas Morgado de Gois.

A entrega das carteiras profissionais foi feita em uma cerimônia realizada na sede do Crea-RJ, no Centro do Rio. 

Tags: Conselho, engenharia, gama filho, regional, Rio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.