Jornal do Brasil

Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

Rio

Cinco PMs da UPP da Rocinha presos pela PF foram ouvidos nesta segunda 

Jornal do Brasil

Os cinco policiais militares da UPP Rocinha presos na manhã desta segunda-feira pela Polícia Federal foram ouvidos na sede da Superintendência e encaminhados ao sistema prisional. O teor dos depoimentos não foi divulgado para não prejudicar as investigações. Três foram presos no 23º BPM/Leblon e dois na Unidade da comunidade.

Entre os detidos, há dois soldados da PM, de 29 e 32 anos, com 3 anos de serviço. Um cabo da PM de 34 anos, com 6 anos de serviço. Também foram presos um 2º sargento de 39 anos, e um 3º sargento de 40 anos, com 18 e 14 anos de serviço. Este último também foi autuado em flagrante por porte ilegal de armamento de uso restrito, pois em seu armário, na sede da UPP Rocinha, foi encontrado um carregador de fuzil calibre 762 municiado, que não pertence à corporação.

A investigação durou 4 meses e concluiu que os PM´s recebiam do bando de Nem da Rocinha vantagens financeiras para blindar a organização criminosa contra investigações e operações policiais.

Os agentes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes da PF também prenderam a mulher do traficante Antônio Bonfim Lopes, conhecido como Nem, que, mesmo preso desde 2011, continua controlando a venda de drogas na comunidade. Sua mulher é suspeita de repassar orientações de Nem para o restante da quadrilha.

 

Tags: pacificadora, polícia, prisões, Rio, unidade

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.