Jornal do Brasil

Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

Rio

PF pedirá transferência de Menor P para presídio federal

Agência Brasil

A Superintendência da Polícia Federal (PF) no Rio de Janeiro informou que pedirá à Justiça a transferência, para um presídio federal, de Marcelo Santos das Dores, conhecido como Menor P., suspeito de chefiar o comércio de drogas em parte do Complexo da Maré, na zona norte da cidade. Ele foi preso na noite de ontem (26) e encaminhado à Penitenciária Bangu 1, no Complexo de Gericinó, na zona oeste da cidade.

Segundo o superintendente, delegado Roberto Cordeiro, Marcelo foi preso em um apartamento em Jacarepaguá, na zona oeste, sem oferecer resistência à PF. “Esse é um dos principais traficantes do Rio, que ainda se encontrava em liberdade. Ontem à noite, conseguimos efetivar essa prisão, sem dar um disparo, e trazendo o investigado ileso para a Polícia Federal”, disse Cordeiro.

De acordo com o delegado, a PF tentava prender o suspeito há um ano. Em tentativas anteriores, dentro do Complexo da Maré ou nos arredores da comunidade, ele sempre conseguia escapar. Algumas vezes, a PF chegou a usar um veículo aéreo não tripulado (Vant).

A PF informou que, com o anúncio da ocupação do Complexo da Maré pelas Forças Armadas, prevista para ocorrer nos próximos dias, os policiais intensificaram os trabalhos de investigação para localizar o suspeito. Ontem, depois de localizar Marcelo, os policiais cercaram o condomínio e conseguiram prendê-lo. “Temos certeza de que a prisão irá auxiliar no processo de ocupação da Maré”, disse Cordeiro.

Policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) têm feito incursões diárias nas comunidades que integram o Complexo da Maré, em busca de armas, drogas e suspeitos. A ação visa a preparar o terreno para a entrada do Exército, que ocupará o conjunto de favelas por tempo indeterminado.

Tags: crime, maré, polícia, prisão, Rio, upp

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.