Jornal do Brasil

Quinta-feira, 27 de Novembro de 2014

Rio

Justiça decreta prisão de dois PMs envolvidos na morte de Claudia

Portal Terra

A Justiça do Rio de Janeiro decretou a prisão temporária pelo prazo de 30 dias dos policiais militares Rodrigo Medeiros Boaventura e Zaqueu de Jesus Pereira Bueno, envolvidos na morte da auxiliar de serviços gerais Claudia Silva Ferreira, que teve o corpo arrastado por um carro da PM após ser baleada no Morro da Congonha. Os PMs são o comandante e o segundo no comando da guarnição responsável pela ação que resultou na morte de Claudia. 

Os três PMs que estavam na viatura que arrastou Claudia seguem em liberdade desde sexta-feira. Porém, a Justiça determinou que eles estão proibidos de se aproximarem a menos de 300 metros da Comunidade da Congonha e de realizar trabalho externo de segurança em vias públicas. Eles estão proibidos também de estabelecer qualquer tipo de contato com as testemunhas do caso. 

A Justiça revogou ainda a prisão temporária de Ronald Felipe dos Santos, que testemunhou o disparo que atingiu Claudia. O juiz determinou a prisão temporária pelo prazo de 30 dias do jovem.

Tags: auxiliar, Madureira, morte, policiais, serviços

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.