Jornal do Brasil

Domingo, 18 de Fevereiro de 2018 Fundado em 1891

Rio

Conferência debate diretrizes do Plano de Economia Solidária do Rio

Agência Brasil

Foi aberta hoje (27), no Rio de Janeiro, a 3ª Conferência Municipal de Economia Solidária, preparatória para a conferência estadual sobre o mesmo tema, programada para maio próximo, e para a conferência nacional (Conaes), prevista para novembro deste ano. O evento resulta de parceria com o Fórum Municipal de Economia Solidária.

O Secretário de Desenvolvimento Econômico Solidário (Sedes) da prefeitura, Vinicius Assumpção, disse que a conferência tem a função de apresentar as diretrizes do Plano Municipal de Economia Solidária.

As políticas públicas de acesso a crédito, pelo pequeno empreendedor, integram o conjunto de diretrizes a serem debatidas na conferência, que prossegue até amanhã (28), bem como as garantias de participação dos micro e pequenos empreendedores, em condições de igualdade, nos pregões públicos e nas compras governamentais.

“Nós estamos discutindo o fomento, para poder melhorar a questão da economia solidária em todo  o município do Rio de Janeiro. Como o poder público pode melhorar a sua atuação para que a gente possa empoderar esses empreendedores”, disse Vinicius. Todo o trabalho será desenvolvido dentro da lógica da economia solidária, “que é a lógica do cooperativismo, de se criar e colocar esses empreendimentos em rede”, destacou.

Atualmente, a capital fluminense tem dez redes na área da economia solidária. “A gente pega os empreendedores daquela região, faz eles conversarem entre si e aí eles formam essa rede, trocam informações, fazem ações conjuntas”. Dessa forma, acabam participando do Circuito Carioca de Economia Solidária, que ocorre nas praças da cidade, envolvendo atividades como comércio e artesanato.

O secretário trabalha para integrar as ações da Sedes com as ações das demais áreas do governo municipal. Uma das ideias, segundo ele, é levar as feiras de economia solidária para dentro dos polos gastronômicos. “Nós estamos querendo pegar todas as ações que a prefeitura tem, e fazer com que as ações possam potencializar os empreendedores”, concluiu.

Participam da conferência representantes de diferentes setores e segmentos organizados, com a meta  de construir políticas públicas de geração de trabalho, renda e desenvolvimento local.

 

Tags: Rio, economia, evento, fórum, municipal

Compartilhe: