Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Rio

TJRJ ouvirá testemunhas de defesa em audiência do caso Amarildo

Jornal do Brasil

O juízo da 35ª Vara Criminal da Capital retoma nesta quarta, dia 26, às 13h, a audiência de instrução e julgamento dos 25 policiais militares acusados de terem torturado e desaparecido com o corpo do ajudante de pedreiro Amarildo Dias de Souza, na Favela da Rocinha, Zona Sul do Rio. A audiência será na sala da Central de Assessoramento Criminal (CAC), no 4º andar do Fórum Central. Esta será a quarta audiência. 

O juízo vai ouvir pelo menos seis testemunhas arroladas pela defesa. Passada essa fase, começará o interrogatório dos réus. 

Relembre o caso

De acordo com a denúncia apresentada pelo Ministério Público, o ajudante de pedreiro Amarildo Dias de Souza teria sido levado por policiais militares para a sede da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) no dia 14 de julho do ano passado. Ainda segundo o MP, outros PMs são acusados de participar da ação por terem vigiado ao redor da base ou por não terem impedido os supostos atos de tortura contra Amarildo. Os policiais militares também são suspeitos de ter desaparecido com o corpo do ajudante de pedreiro. 

Tags: ajudante, amarildo, PMs, rocinha, sumiço

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.