Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Rio

Crianças fazem protesto em luto pela morte de colegas atropelados por ônibus

Agência Brasil

Crianças uniformizadas fizeram um protesto nesta terça-feira (25) em Guaratiba, Zona Oeste do Rio de Janeiro, em luto pela morte de três colegas atropeladas ontem (24) por um ônibus. O secretário municipal de Transporte do Rio de Janeiro, Carlos Roberto Osório, informou que técnicos da Companhia de Engenharia de Tráfego (SET), estão hoje na Estrada do Mato Alto, onde ocorreu o acidente, fazendo um levantamento da via e verificando o funcionamento das lombadas eletrônicas.

“Para que tenhamos um raio-x de toda a situação viária da região e tomar - se for necessário, medidas adicionais para garantir a segurança viária e reduzir os acidente nas região”, disse ele. Os enterros de Melyssa Farias, de 11 anos, Mariana Ferreira Augusto, de 10 e Érica Macedo dos Santos, de 6 anos, estão marcados para esta tarde. Além das três mortes, outras três pessoas ficaram feridas no atropelamento.

O motorista Dimas Vitalino do Carmo, 57 anos, fugiu logo após o acidente como medo de ser linchado. À noite, Vitalino do Carmos foi preso e, após pagar fiança de um salário mínimo, foi liberado pela Polícia. O delegado responsável pelo caso, Roberto Cardoso, da 43ª Delegacia de Polícia, disse que o motorista vai responder por três homicídios culposos e três lesões corporais culposas. Ele acrescentou que Vitalino não tem antecedentes criminais ou pontuação na carteira de motorista, não estava embriagado e trabalha na mesma empresa há 24 anos, não havendo, por isso, a necessidade de mantê-lo preso.

A Secretaria Estadual de Saúde informou que Marcos Vinícius Farias, 5 anos, um dos feridos que estava hospitalizado já foi liberado. Teresa Nunes Crispi, de 55 anos, permanece internada no Hospital Rocha Faria, Campo Grande, na zona oeste. Estefany Macedo dos Santos, 4 anos, permanece internada em estado grave no Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Ontem, moradores fecharam a Estrada do Mato Alto e protestaram contra a falta de segurança e fiscalização nas vias do bairro.

Tags: . zona, acidente, Oeste, Rio, Trânsito

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.