Jornal do Brasil

Quarta-feira, 30 de Julho de 2014

Rio

Greve dos garis de Niterói chega ao fim

Agência Brasil

A greve dos garis de Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro, iniciada na quinta-feira (20) terminou hoje (24) após audiência de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) entre a prefeitura de Niterói e representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Asseio, Conservação e Limpeza Urbana. Apesar do fim da greve, não houve acordo entre as partes, e nova audiência foi marcada para a próxima segunda-feira (1º). Se não houver consenso na nova rodada de negociações, o TRT deverá convocar uma sessão para julgamento do dissídio coletivo, na semana seguinte.

O retorno dos profissionais ao trabalho foi em atendimento a uma solicitação da desembargadora Maria das Graças Viegas Paranhos, vice-presidente do TRT-RJ, que intermediou a reunião entre o município de Niterói e os grevistas.

Os funcionários querem reajuste de 25% sobre o piso salarial, que é de R$ 714, e pedem também aumento do vale-refeição, de R$ 11 para R$ 20. A prefeitura ofereceu reajuste de 20%, sendo 10% agora e mais 10% em janeiro de 2015, o que foi rejeitado pela categoria.

A Secretaria de Planejamento e Gestão de Niterói informou que a prefeitura herdou uma dívida da administração passada, em torno de R$ 50 milhões, com o Instituto Nacional da Seguridade Social (INSS), com o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e com a Receita Federal.

Tags: fim, Limpeza, Niterói, paralisação, ruas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.