Jornal do Brasil

Quinta-feira, 31 de Julho de 2014

Rio

Projeto no Rio oferece fisioterapia para pessoas com dificuldade de locomoção

Agência Brasil

Pessoas que precisam de tratamento fisioterapêutico poderão recorrer a alguns centros de Referência da Pessoa com Deficiência do município do Rio, que funcionarão em horários alternativos para atender pessoas com dificuldade de locomoção. O projeto foi lançado hoje (22) pela Secretaria Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos e começa a funcionar na próxima segunda-feira em Irajá, na zona norte do Rio.

"Estamos negociando, já em fase avançada, para levar o serviço também ao centro de Santa Cruz [na zona oeste]. A ideia é ter oito centros no projeto até o fim do ano", disse o secretário Pedro Fernandes. Ele adiantou que na semana que vem outro pólo vai ser inaugurado no Shopping Via Brasil, também em Irajá.

O atendimento ao público contará com uma equipe de dez fisioterapeutas e será nos horários de 17h30 a 22h30, durante a semana, e das 8h às 17h, no fim de semana, para não haver concorrência com o público tradicional dos centros, que funcionam de segunda a sexta das 8h às 17h.

O serviço será aberto a toda a população e deve beneficiar principalmente idosos e pessoas em recuperação de acidentes. A previsão é que mil atendimentos sejam realizados por mês. Será feito um cadastro dos moradores do entorno e, quem tiver dificuldades de locomoção, poderá ser transportado por um carro do projeto.

Tags: assistência, deficientes, estadual, Secretaria, SOCIAL

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.