Jornal do Brasil

Domingo, 21 de Dezembro de 2014

Rio

Dom Orani celebra missa no Complexo de Manguinhos

Cardeal do Rio diz que, "no meio dos conflitos, cremos em Jesus, caminho de vida e paz para todos"

Jornal do Brasil

"O desejo é que o pecador se converta", afirmou o arcebispo do Rio, Cardeal Orani João Tempesta, durante a missa presidida na manhã deste sábado, dia 22, na Capela São Miguel Arcanjo, na Comunidade do Mandela, em Manguinhos. A celebração que já estava marcada anteriormente trouxe momentos de paz para os moradores do local que passaram por recentes conflitos, quando traficantes atacaram a Unidade de Polícia Pacificadora (UPP).

"Esta missa é a oportunidade de anunciar que no meio dos conflitos e tribulações cremos em Jesus, caminho de vida e paz para todos. Celebramos a certeza da ressurreição, da vida em Cristo. Sabemos que a paz é possível pela fé, vida fraterna, amor e esperança. Lembramos que a comunidade tem locais abençoados pelo Papa Francisco durante a Jornada Mundial da Juventude Rio2013", disse Dom Orani.

A missa foi concelebrada pelo bispo auxiliar Dom Roque Costa Souza, pelo vigário episcopal para a Vida Consagrada, Dom Roberto Lopes, que é responsável pela Causa dos Santos, pelo vigário episcopal para a Caridade Social, cônego Manuel Manangão, pelo vigário episcopal do Vicariato Leopoldina, padre Alex Siqueira, e pelos diversos sacerdotes presentes.

No final, o arcebispo deu a bênção com a relíquia da Beata Irmã Dulce, que foi entregue ao cônego Manangão. O Banco da Providência foi escolhido para ser a primeira das entidades sociais a receber a relíquia.

E por medida de segurança, a procissão que estava prevista para ser realizada na manhã deste sábado foi cancelada. O cortejo iria da capela São Miguel Arcanjo até a capela São Jerônimo Emiliani, que recebeu o Papa Francisco em maio do ano passado.

Tags: arcebispo, cardeal, celebração, manguinhos, Rio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.