Jornal do Brasil

Quarta-feira, 30 de Julho de 2014

Rio

Dom Orani celebra missa no Complexo de Manguinhos

Cardeal do Rio diz que, "no meio dos conflitos, cremos em Jesus, caminho de vida e paz para todos"

Jornal do Brasil

"O desejo é que o pecador se converta", afirmou o arcebispo do Rio, Cardeal Orani João Tempesta, durante a missa presidida na manhã deste sábado, dia 22, na Capela São Miguel Arcanjo, na Comunidade do Mandela, em Manguinhos. A celebração que já estava marcada anteriormente trouxe momentos de paz para os moradores do local que passaram por recentes conflitos, quando traficantes atacaram a Unidade de Polícia Pacificadora (UPP).

"Esta missa é a oportunidade de anunciar que no meio dos conflitos e tribulações cremos em Jesus, caminho de vida e paz para todos. Celebramos a certeza da ressurreição, da vida em Cristo. Sabemos que a paz é possível pela fé, vida fraterna, amor e esperança. Lembramos que a comunidade tem locais abençoados pelo Papa Francisco durante a Jornada Mundial da Juventude Rio2013", disse Dom Orani.

A missa foi concelebrada pelo bispo auxiliar Dom Roque Costa Souza, pelo vigário episcopal para a Vida Consagrada, Dom Roberto Lopes, que é responsável pela Causa dos Santos, pelo vigário episcopal para a Caridade Social, cônego Manuel Manangão, pelo vigário episcopal do Vicariato Leopoldina, padre Alex Siqueira, e pelos diversos sacerdotes presentes.

No final, o arcebispo deu a bênção com a relíquia da Beata Irmã Dulce, que foi entregue ao cônego Manangão. O Banco da Providência foi escolhido para ser a primeira das entidades sociais a receber a relíquia.

E por medida de segurança, a procissão que estava prevista para ser realizada na manhã deste sábado foi cancelada. O cortejo iria da capela São Miguel Arcanjo até a capela São Jerônimo Emiliani, que recebeu o Papa Francisco em maio do ano passado.

Tags: arcebispo, cardeal, celebração, manguinhos, Rio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.