Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Rio

Ordem para ataques no Rio partiu de presídio, diz Beltrame

Jornal do Brasil

O secretário de Segurança do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, afirmou nesta sexta-feira (21) que a ordem para os ataques às Unidades de Polícia Pacificadora (UPP), no Rio de Janeiro, partiram de chefes de uma facção do tráfico que estão em um presídio. “Posso dizer isso a vocês, nós temos isso confirmado. E o que nós viemos fazer aqui é exatamente um plano para que possamos proteger sem dúvida nenhuma a cidade de mais esta crise", afirmou Beltrame, referindo-se à reunião de emergência realizada durante a madrugada.

Nos ataque que aconteceram na noite de quinta-feira (20), policiais militares ficaram feridos, entre eles o comandante da UPP Mandela, capitão Gabriel Toledo.´Contêineres também foram incendiados.

UPP de Manguinhos foi atacada
UPP de Manguinhos foi atacada

>> Rio pedirá ajuda das Forças Armadas após ataques a UPPs

>> Comandante de UPP de Manguinhos continua internado

Beltrame se reuniu com o governador Sérgio Cabral, que seguiu para Brasília na manhã desta sexta-feira (21). Ele vai solicitar à Presidência da República apoio das Forças Federais para conter os ataques em áreas pacificadas.

Tags: ataque, crime, pacificação, polícia, Rio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.