Jornal do Brasil

Segunda-feira, 29 de Dezembro de 2014

Rio

PMs acusados de morte de tenente serão julgados no Rio

Portal Terra

Três dos quatro policiais militares acusados de assassinar a primeiro-tenente da Aeronáutica Larissa Carolina Rodrigues Andrade Gorchinsky, durante uma abordagem em junho de 2007, irão a júri popular na próxima terça-feira (25) no Rio de Janeiro.

Após denúncia do Ministério Público, a 3ª Vara Criminal da capital decidiu, em outubro de 2009, que Alexandre Conceição, Ricardo de Azevedo Fernandes, Eduardo Pinto dos Prazeres e André Luís de Oliveira Milagre iriam a júri popular. Em fevereiro de 2010, Alexandre Conceição foi retirado do processo em face de sua morte. O policial foi baleado durante uma tentativa de assalto em Irajá, no subúrbio do Rio, em 20 de setembro de 2009.

O crime

Na noite de 24 de junho de 2007, Larissa e o marido, o também primeiro-tenente da Aeronáutica Douglas Gorchinsky Augusto Marques, passavam de carro pela Avenida Cesário Melo, em Campo Grande, na zona oeste do Rio de Janeiro, quando receberam vários disparos efetuados pelos policiais militares.

O carro do casal constava como roubado, o que teria gerado a desconfiança dos policiais. Na ocasião, Larissa e Douglas estavam a caminho da 35ª DP (Campo Grande) para informar sobre a recuperação do veículo. Em estado grave, eles foram encaminhados ao hospital Rocha Faria. Larissa não resistiu aos ferimentos e morreu. Douglas sobreviveu.

Os oficiais eram lotados no Batalhão de Infantaria de Aeronáutica Especial (Binfae) do Campo dos Afonsos.

Tags: julgamento, jurí, morte, oficiais, RJ

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.