Jornal do Brasil

Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

Rio

Coronel acusado de mentor da morte de juíza começa a ser julgado

Agência Brasil

O julgamento do tenente-coronel da Polícia Militar Cláudio Luiz Silva Oliveira, acusado de ser o mentor do assassinato da juíza Patrícia Acioli, em 2011, começou por volta das 9h de hoje (20), no 3º Tribunal do Júri de Niterói, no Grande Rio. O oficial era o comandante do Batalhão da PM de São Gonçalo (7º BPM), município onde a juíza atuava como titular do Tribunal do Júri.

Além do coronel, dez policiais militares do Batalhão de São Gonçalo foram denunciados pelo Ministério Público (MP) pelo homicídio. Segundo o MP, os policiais queriam se vingar da juíza porque ela costumava condenar policiais por desvios de conduta.

Seis policiais já foram condenados pelo assassinato:  Carlos Adílio Maciel dos Santos, Jefferson de Araújo Miranda, Júnior Cezar de Medeiros, Sergio Costa Júnior e Daniel dos Santos Benitez Lopes. Mais quatro réus serão julgados em 3 de abril.

Tags: acioli, julgamento, morte, patricia, Rio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.