Jornal do Brasil

Sábado, 21 de Abril de 2018 Fundado em 1891

Rio

PMs que arrastaram mulher em Madureira chegam para depor

Jornal do Brasil

Os três policiais militares que levaram a auxiliar de serviços gerais Claudia Ferreira em uma viatura e deixaram o corpo cair e ser arrastado, no último domingo (16), chegaram às 16h20 para depor na 29ª Delegacia de Polícia (DP), em Madureira. A polícia fechou a rua em frente à delegacia, como forma de tentar despistar os jornalistas que aguardavam a chegada dos policiais, que acabaram entrando pela porta de trás.

Os três usavam camiseta branca e calça jeans e entraram rapidamente no prédio sem falar com a imprensa. Os PMs estão presos no Complexo Penitenciário de Gericinó, no presídio de Bangu 8. Eles serão ouvidos pelo delegado Carlos Henrique Machado, que interrompeu as férias para cuidar pessoalmente do caso.

O advogado de um dos policiais, Jorge Carneiro Mendes, disse, mais cedo aos jornalistas, que os policiais não participaram do tiroteio no Morro da Congonha, quando Claudia foi baleada, e que eles apenas socorreram a vítima. Segundo o advogado, moradores tentaram abrir o porta-malas da viatura.

Agência Brasil


Tags: Madureira, auxiliar, morte, policiais, serviços

Compartilhe: