Jornal do Brasil

Terça-feira, 16 de Setembro de 2014

Rio

Duas comunidades pacificadas têm madrugada de tiroteios no Rio

Agência Brasil

Duas comunidades ocupadas por unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) na cidade do Rio de Janeiro registraram tiroteios na madrugada de hoje (16). No Chapéu Mangueira, na zona sul da cidade, policiais ouviram disparos vindos do alto da comunidade por volta das 1h30. Os soldados da UPP foram ao local e se confrontaram com homens armados.

Apesar do tiroteio, ninguém ficou ferido. Os homens conseguiram fugir, segundo a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP).

Em Manguinhos, na zona norte, o tiroteio começou quando policiais tentaram abordar um carro, que estava parado na Avenida Dom Hélder Câmara, uma das principais vias de acesso à comunidade. Os homens atiraram nos policiais e fugiram.

Os agentes da UPP de Manguinhos revidaram e tentaram perseguir os suspeitos, que correram pelas vielas da comunidade. Ninguém foi preso ou ferido na ação, de acordo com a CPP. Policiais fazem buscas na região.

Nos Complexos da Penha e do Alemão, o policiamento permanece reforçado depois da série de ataques, iniciada em janeiro deste ano, que já resultou na morte de quatro policiais militares, entre eles o subcomandante de uma das UPPs da região (UPP da Vila Cruzeiro), tenente Leidson Acácio, na sexta-feira (14).

A UPP do Chapéu Mangueira foi inaugurada em junho de 2009. Os Complexos da Penha e do Alemão receberam oito unidades em 2012. Já a UPP de Manguinhos foi implantada em janeiro de 2013.

Tags: chapéu mangueira, manguinhos, tiroteio, upp, vila cruzeiro

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.