Jornal do Brasil

Terça-feira, 22 de Julho de 2014

Rio

Termina greve nos hospitais federais no Rio

Agência Brasil

A greve dos servidores dos hospitais federais no Rio terminou ontem (12), mas os trabalhadores permanecem em estado de greve. De acordo com o Ministério da Saúde, foi aprovada uma carta de compromisso com o sindicato. 

A greve começou há dez dias e atingiu os hospitais do Andaraí, da Lagoa, de Ipanema, dos Servidores, de Bonsucesso e Cardoso Fontes, além do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia, Instituto Nacional de Cardiologia e Instituto Nacional do Câncer.

O ministério prometeu criar mesas de negociação permanente e manter a suspensão do período de teste do ponto eletrônico até a adequação das escalas de trabalho; e criar grupos de trabalho em cada unidade hospitalar “para discutir assuntos relacionados à melhoria das condições de trabalho para os servidores”. Os empregados se comprometeram a repor as horas não trabalhadas para evitar o desconto no salário.

Os servidores aprovaram também que sejam feitas assembleias nos locais de trabalho para organizar o retorno ao trabalho e exigir que não ocorra retaliação. A greve foi contra o aumento da carga horária de 30 para 40 horas semanais, implantação do ponto eletrônico nas unidades de saúde e pela reestruturação salarial da carreira.

O ministério lembrou que a instalação do ponto eletrônico é uma determinação do Tribunal de Contas da União.

Tags: fim, hospitais, paralisação, retorno, Trabalho

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.