Jornal do Brasil

Sexta-feira, 21 de Novembro de 2014

Rio

Light identifica 'gato' em loja de roupas de Madureira

Jornal do Brasil

Durante blitz de rotina da Light, que contou com o apoio da Delegacia de Defesa de Serviços Delegados (DDSD), foi identificada uma irregularidade na loja de roupas Chifon, localizada na Avenida Ministro Edgard Romero, 54, em Madureira.

O medidor de energia apresentava um valor abaixo do que realmente era consumido pela loja. A responsável foi presa e, em seguida, liberada, mediante pagamento de fiança.

A Light ressalta que o furto de energia, conhecido como "gato", é crime previsto no artigo 155 do Código Penal, com pena de até 8 anos de prisão, e pode ocasionar acidentes fatais, além de incêndios e danos à rede elétrica.

A Light vem investindo em ações de combate ao furto de energia, tais como processos convencionais de inspeções de fraudes, modernização de rede e sistemas de medição e projetos de áreas de perda zero (Light Legal). As atividades proporcionaram, em todo o ano de 2013, um montante de aproximadamente 160 GWh em energia recuperada e de cerca de 250 GWh em energia incorporada.

No ano passado, foram feitas 57 mil normalizações de clientes, 7% a mais do que o realizado em 2012, e o numero total de medidores eletrônicos instalados chegou a 432 mil, um incremento de 26,7% relativo ao fechamento do ano anterior.

Já dentro do Projeto Light Legal, que consiste em selecionar pequenas áreas de 10 a 20 mil clientes onde atuam microempresas voltadas exclusivamente para a melhoria dos indicadores de perdas e inadimplência, a companhia de energia chegou a 26 áreas atendidas, abrangendo 416 mil clientes. Desde o início do projeto, as áreas contempladas vêm apresentando uma redução média de perdas, sobre o faturamento de baixa tensão, de 20,3 p.p., e aumento médio na arrecadação de 7,5 p.p.

Tags: combate, concessionária, energia, furto, Rio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.