Jornal do Brasil

Quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

Rio

RJ: Justiça ordena proteção a garis que voltarem ao trabalho

Portal Terra

A Justiça do Trabalho do Rio de Janeiro emitiu um mandado de intimação para garantir a segurança dos garis que quiserem voltar ao trabalho durante a greve anunciada pela categoria. O documento determina que um Oficial de Justiça faça diligências nas gerências de operação da Companhia de Lixo Urbano (Comlurb) para garantir o acesso e a segurança dos trabalhadores e, se preciso for, acompanhado de força policial. 

Segundo a Comlurb, a decisão da Justiça baseia-se nos casos de agressões relatados por profissionais. O mandato ainda dobra a multa diária de R$ 25 mil para R$ 50 mil que o Sindicato dos Empregados de Empresas de Asseio e Conservação do Município do Rio de Janeiro terá que pagar em caso de não retorno ao trabalho. No sábado, a desembargadora Rosana Salim Villela Travesedo já havia pedido a suspensão da greve e determinado o retorno imediato dos empregados aos postos de trabalho.

Os garis em greve não aceitam o comando do sindicato, que negocia aumento salarial para a categoria. A Comlurb oferece 9% de reajuste o que elevaria o salário dos garis para R$ 849,79, enquanto os Garis pedem 49% de reajuste, para que o mínimo chegue a R$ 1.680.

Tags: gari, lixo, manifestação, protesto, reivindicação

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.