Jornal do Brasil

Domingo, 21 de Dezembro de 2014

Rio

Blocos arrastam multidões nas ruas do Rio

Jornal do Brasil

O Céu na Terra provou, mais uma vez, que para o carnaval de rua nunca é cedo demais. O bloco, que concentrou no Largo dos Guimarães, saiu às 7h, e carregou consigo um público de 15 mil foliões. Já tradicional no bairro de Santa Teresa, os ritmistas acordaram até os moradores que iam até a janela para saudar a banda. No repertório, muitas marchinhas e sambas conhecidos do carnaval. À frente da bateria, bonecos de Olinda, gigantes, e pernas de pau que deram um colorido a mais para a festa. Além deles, crianças fantasiadas e pais foliões, mostrando que tem espaço pra todo mundo se divertir.

O Cordão da Bola Preta comemorou os seus 96 anos de bloco com a presença de 1 milhão e 300 mil pessoas no início da tarde deste sábado, 01, no Centro. Em comemoração à data, o Instituto Rio Patrimônio da Humanidade (IRPH) concedeu ao Bola Preta o título de bloco mais antigo da cidade com uma placa que o identifica como grande importante para a história e memória do patrimônio cultural carioca.

Ainda na oportunidade, o Bola Preta comemorou o aniversário de 449 anos do Rio de Janeiro."O nosso maior homenageado é você, folião, que acompanha o Bola Preta em todos esses Carnavais. O Rio de Janeiro é uma cidade linda e é por essa Maravilha que nós fazemos os nossos desfiles!", ressaltou Pedro Ernesto, presidente do bloco.

O Bloco do Barbas comemorou seus 30 anos final da tarde desta sábado, 01. Aproveitando os últimos acontecimentos, o bloco trouxe em seu samba a polêmica das biografias não autorizadas. Com a bateria composta por 80 ritmistas, o Barbas arrastou 20 mil pessoas pelas ruas de Botafogo, na Zona Sul.

Tags: Carnaval, desfiles, público, Rio, ruas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.