Jornal do Brasil

Sábado, 1 de Novembro de 2014

Rio

Contêiner de UPP e ônibus são incendiados no Rio

Agência Brasil

Moradores do Complexo do Lins, na zona norte da cidade do Rio de Janeiro, incendiaram na noite de ontem (23) três ônibus e uma das bases da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP).  O protesto começou na noite de ontem, depois que uma menina de sete anos foi ferida, segundo relatos de moradores, durante ação da Polícia Militar em Cachoeira Grande.

O incêndio atingiu a rede elétrica e deixou a comunidade às escuras. “Infelizmente o fogo atingiu os fios, transformadores e um mercadinho”, disse Márcia Jacintho, líder comunitária do Complexo de Lins, área ocupada por uma UPP desde dezembro do ano passado.

Segundo o Centro de Operações da prefeitura, a Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá ficou fechada durante a madrugada, só sendo liberada para o tráfego às 4h30. De acordo com Márcia Jacintho, a menina já recebeu alta do Hospital Naval Marcílio Dias e passa bem.

A assessoria de imprensa da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) disse que a criança teve um ferimento no ombro e foi medicada no hospital. A polícia não soube dizer, no entanto, o que provocou o ferimento. Segundo a CPP, os policiais não efetuaram disparos de arma de fogo na favela.

Tags: lins, pacificadora, polícia, protesto, Rio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.