Jornal do Brasil

Terça-feira, 2 de Setembro de 2014

Rio

Carnaval do Rio tem bloco para crianças com deficiência

Agência Brasil

O carnaval deste ano no Rio de Janeiro traz uma novidade. É a Ala Eficiente, idealizada pela jornalista Bruna Saldanha com o objetivo de incluir nos festejos sua filha Izabel, de cinco anos, portadora de paralisia cerebral, e outras crianças que apresentem algum tipo de deficiência. Ela quer mostrar  que crianças e adultos com deficiências podem ter uma vida normal. Por isso, decidiu integrá-las ao carnaval, que é uma festa popular e que faz parte do cotidiano da população.

A Ala Eficiente faz sua estreia no carnaval de 2014 integrando o Bloco dos Mendigos, criado há dez anos por ex-alunos do extinto Colégio Pernalonga/Isa Prates,  do Arpoador, zona sul da cidade, onde Bruna também estudou. “Tive a ideia de fazer um bloco inclusivo, mas como não ia dar tempo de eu correr atrás de tudo para esse carnaval, entrei em contato com os diretores do bloco e eles sugeriram fazer a ala”, disse Bruna à Agência Brasil.

Bruna escreveu um livro sobre a filha, no final do ano passado, e está sempre procurando fazer algo em prol de crianças com deficiência. “Estou cada vez mais com um olhar voltado para isso. Resolvi fazer uma marchinha sobre inclusão de pessoas com deficiência”, contou. Acabou surgindo a ideia do bloco, que ela espera conseguir  transformar em realidade já a partir do próximo ano, convertendo a atual ala em um  Bloco Eficiente.

O Bloco dos Mendigos, com a Ala Eficiente, desfila hoje (22) às 13 horas, pelo Arpoador. A concentração está marcada para começar na Rua Bulhões de Carvalho, esquina com a Rua Gomes Carneiro, entre os bairros de  Copacabana e Ipanema. Bruna espera que pelo menos 50 pessoas portadoras de alguma deficiência participem do desfile da Ala Eficiente.

Adalberto  Monteiro, um dos cinco fundadores do Bloco dos Mendigos, explica que o nome é utilizado por eles desde quando tinham 15 ou 16 anos e serve para mostrar que seus integrantes "nunca ligaram muito para a questão da aparência". Segundo ele, "é um contraste com os playboys da zona sul”.

Tags: Carnaval, cerebral, novidade, paralisia, portadora

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.