Jornal do Brasil

Domingo, 26 de Outubro de 2014

Rio

PM: inquérito sobre Amarildo deve ser entregue semana que vem

Portal Terra

O Inquérito Policial Militar (IPM) sobre o desaparecimento do ajudante de pedreiro Amarildo de Souza deve ser concluído e entregue à Corregedoria da Polícia Militar na próxima semana. O IPM é uma investigação interna, realizada pela própria PM, sobre possíveis transgressões e desvios de conduta cometidos por seus agentes. A investigação está a cargo da 8ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM). Paralelamente ao inquérito, há um processo criminal que tramita na 35ª Vara Criminal do Rio de Janeiro.

Vinte e cinco policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Rocinha foram denunciados pelo Ministério Público Estadual à Justiça no processo. Eles são acusados de tortura e morte do ajudante de Pedreiro Amarildo de Souza, em 14 de julho do ano passado.

Ontem, foi realizada a primeira audiência de instrução do caso na Justiça, com o depoimento de três testemunhas de acusação: os delegados da Divisão de Homicídios Rivaldo Barbosa e Ellen Souto, além do inspetor de Polícia Civil Rafael Rangel. 

Tags: instrução, julgamento, pedreiro, policiais, rocinha

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.