Jornal do Brasil

Segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

Rio

Preço das tarifas de metrô, trens e barcas vai subir no Rio

Jornal do Brasil

Apesar de o governador Sérgio Cabral ter informado, no dia 31 de janeiro, que as tarifas das passagens do metrô, barcas e trens não iriam sofrer reajuste, a assessoria de imprensa do Governo do Estado anunciou, por meio de nota, que haverá aumento, com exceção do valor para os usuários do Bilhete Único.

De acordo com a nota, o anúncio não contradiz o que Cabral afirmara antes, já que o acesso ao Billhete Único Intermunicipal é "universal, ou seja, não tem restrições" e, portanto, qualquer usuário pode solicitá-lo, sem qualquer custo para isso. Ainda de acordo com a nota, só paga a tarifa cheia quem não optar pela simples adesão.

A assessoria informa ainda que os usuários têm direito à gratuidade por 60 dias para a obtenção do cartão do Bilhete Único, e que também não haverá reajuste na tarifa social. Os usuários que utilizam o vale-transporte podem convertê-lo em Bilhete Único Intermunicipal sem qualquer custo.

De acordo com Agetransp - agência reguladora dos transportes - os aumentos serão baseados na inflação. Nas barcas,  a tarifa das linhas sociais será reajustada no prazo de 30 dias. O conselho diretor da agência reguladora homologou reajuste de 5,72%.

Tags: aumento, cabral, Rio, serviço, tarifa, transporte

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.