Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

Rio

Dupla acusada de lançar rojão em protesto tem mais um advogado

Portal Terra

A dupla acusada de acender o rojão que matou o cinegrafista da TV Bandeirantes Santiago Andrade, Fábio Raposo e Caio de Souza, tem mais um advogado de defesa. Wallace Martins assumiu a defesa dos dois acusados ao lado de Jonas Tadeu Nunes. Martins disse que tem uma amiga em comum com Jonas Tadeu, que o convidou para participar do caso.

"Há uma injustiça muito grande contra eles, a acusação está muito alta, muito severa", afirmou o advogado, que a exemplo do colega Jonas Tadeu, não receberá honorários pela defesa da dupla.

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) denunciou à Justiça os dois jovens pelos crimes de explosão e homicídio doloso triplamente qualificado, praticado por motivo torpe, com impossibilidade de defesa da vítima e com emprego de explosivo. Além da denúncia, a promotoria requereu à Justiça, também, a prisão preventiva de ambos.

Martins afirmou ainda que as defesas dos dois acusados podem ser separadas caso haja divergência entre os seus depoimentos. "Mas por enquanto isso não ocorre. Eles estão em uníssono, falando a mesma coisa".

Caso seja decretada a prisão preventiva dos dois, o advogado afirmou que a defesa entrará com um pedidos de habeas corpus.

Tags: acusado, band, cinegrafista, morte, rojão

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.