Jornal do Brasil

Quinta-feira, 31 de Julho de 2014

Rio

Coordenador de UPPs passa por cirurgia depois de operação na Rocinha

Agência Brasil

O coordenador-geral das unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), coronel Frederico Caldas, submeteu-se a uma cirurgia nesse domingo (16), no Hospital Central da Policia Militar (HCPM), no Estácio, centro do Rio. O diretor do hospital, coronel Porto Carreiro, informou que foram retirados do olho direito do coronel fragmentos de plástico, pedra e terra.

Caldas se feriu em uma queda, durante operação de reforço da polícia na Rocinha. Segundo o diretor do HCPM, não há vestígios de fragmento de projétil em nenhuma parte do corpo do oficial.

Na operação, na manhã desse domingo (16), o coronel estava acompanhado da comandante da UPP da Rocinha, major Priscilla Azevedo, que também sofreu ferimentos. Ela teve um corte no pulso, mas não precisou ser levada para o hospital.

Durante a madrugada de domingo, por volta das 3h30, um tiroteio deixou dois homens feridos. Segundo a assessoria da Coordenadoria das UPPs, na troca de disparos entre os traficantes vários transformadores foram danificados e parte da comunidade ficou sem energia. O abastecimento só foi restabelecido às 18h de domingo. A companhia de energia Light informou que por causa dos confrontos e da operação da polícia, os técnicos só puderam começar a trabalhar a partir das 10h.

Policiais do Batalhão de Operações Especiais, do Batalhão de Polícia de Choque e de diversas UPPs foram ao local para um reforço no policiamento e fizeram incursões na comunidade. Segundo a PM, aproximadamente 150 homens estão trabalhando no esquema, que vai continuar por tempo indeterminado.

Tags: comunidade, CONFLITO, confronto, coronel, pacificação

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.