Jornal do Brasil

Terça-feira, 2 de Setembro de 2014

Rio

Paes prevê segunda-feira de caos no trânsito do Rio

Prefeito pede colaboração da população por causa das mudanças no Centro

Jornal do Brasil

A partir desta segunda-feira, o trânsito do Centro do Rio de Janeiro será completamente alterado, em mais uma etapa das mudanças implantadas pela prefeitura para minimizar os efeitos do fim do Elevado da Perimetral. Para o prefeito Eduardo Paes, esse será o pior momento das obras e, caso os moradores da cidade não evitem ir à região de carro, o cenário será de caos. "Se não houver a colaboração da população, nós teremos um caos na segunda-feira", afirmou o prefeito ao ressaltar a necessidade da população optar pelo transporte público para chegar à região. "O Centro não terá condições de absorver a quantidade de carros que chega hoje à região", lembrou Paes.

Neste domingo, dia 16/02, às 7h, será implantado um novo esquema de trânsito e transporte por conta do fechamento do Mergulhão da Praça XV. No mesmo dia, será implantada a mão dupla da Avenida Rio Branco, trecho entre a Avenida Presidente Vargas e o Aterro do Flamengo, e 228 linhas de ônibus municipais e intermunicipais terão seus itinerários alterados. As medidas fazem parte do plano de mitigação da prefeitura para o avanço das obras do Porto Maravilha.

Ao apresentar o esquema montado para o fechamento, o prefeito Eduardo Paes voltou a pedir a colaboração da população. Segundo ele, as etapas anteriores só foram bem sucedidas porque os cariocas, assim como os moradores da Região Metropolitana do Rio, atenderam as orientações da prefeitura. "É impossível conduzir todas essas transformações na cidade sem essa parceria. A partir de segunda-feira alcançaremos o auge das transformações e as intervenções de infraestrutura viverão o seu momento mais difícil no que diz respeito aos transtornos no trânsito. Por isso, pedimos encarecidamente a todos para que evitem os veículos particulares e deem preferência ao transporte público para ir ao Centro. Sei que será sacrificante, mas daqui para a frente, com a abertura dos túneis e de novas vias, a situação vai melhorar", disse Paes, acrescentando que a derrubada da Perimetral é essencial para o desenvolvimento da região central da cidade.

"Estamos revitalizando uma área que se degradou e a retirada do Elevado da Perimetral é o elemento mais importante dessa revitalização. Estamos realizando obras de infraestrutura de qualidade, como a implantação do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) e de três novos túneis, além do BRT. É um conjunto de transformações que devolve aos cariocas um dos centros mais lindos do mundo", acrescentou. 

O secretário municipal de Transportes, Carlos Roberto Osorio, reforçou o alerta aos pedestres. "Destaco a implantação de mão dupla na Avenida Rio Branco como a alteração mais importante. Por isso, serão instaladas barreiras físicas, na cor laranja, para a divisão de faixas, para garantir que os veículos não invadam a contramão. As sinalizações também têm o objetivo de alertar aos pedestres sobre os impedimentos naquela via. Eles contarão com uma faixa visual para que, ao olhar para o outro lado quando for atravessar, lembre que a mão da Avenida Rio Branco mudou", disse Osorio, informando que a medida será aplicada em todos os locais que tiveram a mão dupla implantada.

A apresentação do esquema de trânsito também reuniu o diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp), Alberto Silva, o presidente do Consórcio Porto Novo, José Renato Ponte e o subsecretário de Projetos Estratégicos e Concessões de Serviços Públicos e Parcerias Público-Privadas da Casa Civil, Jorge Arraes.

 MUDANÇAS VIÁRIAS

- A Avenida Rio Branco passa a operar em regime de mão dupla. Entre a Avenida Presidente Vargas e o Aterro do Flamengo, a faixa central da via será destinada à circulação de táxis, sentido Cinelândia, que não terão ponto para embarque e desembarque. As faixas laterais ficarão disponíveis para o tráfego de ônibus: duas no sentido Candelária e as outras duas sentido contrário (Cinelândia). A proibição de circulação de veículos particulares na Avenida Rio Branco vigorará nos dias úteis, das 5h às 21h, e aos sábados, das 5h às 15h. Nos domingos e feriados, não haverá restrições à circulação de veículos particulares pela via.

- Para os veículos de passeio vindos da Avenida Presidente Vargas e Binário/Camerino em direção à região do Castelo, Praça XV, Lapa e Glória, o último acesso é pela Av. Passos.

- O acesso à Avenida Graça Aranha e adjacências poderá ser feito pela Avenida Passos, Rua Sete de Setembro, Rua Uruguaiana e Avenida Nilo Peçanha, que operará em mão dupla até a Avenida Graça Aranha.

- Implantação de cruzamento semaforizado na Avenida General Justo para possibilitar a saída direta do Aeroporto Santos Dumont em direção ao Aterro do Flamengo/Zona Sul.

- Alargamento do acesso do Trevo dos Estudantes, no Aterro, à Avenida Marechal Câmara.

- Implantação de nova agulha de saída da pista lateral da Avenida Presidente Vargas para acesso à Praça da Candelária.

- Alargamento da Rua Primeiro de Março, em frente à Candelária, para facilitar passagem dos ônibus.

ÔNIBUS MUNICIPAIS E INTERMUNICIPAIS

Serão implantados novos pontos finais para ônibus municipais na Avenida General Justo e para ônibus intermunicipais na Avenida Presidente Vargas.

Para orientação dos usuários, o Mergulhão foi sinalizado com painéis explicativos com informações sobre as alterações das linhas e pontos de ônibus. Além disso, agentes da concessionária Porto Novo também realizaram serviço de panfletagem, indicando a transferência dos pontos e linhas junto a usuários das barcas.

A Fetranspor, para orientação dos motoristas de ônibus e despachantes, desenvolveu programa especial que inclui treinamento e distribuição de mapas e folhetos educativos alertando sobre os novos itinerários de ônibus e pontos de parada.

O Rio Ônibus, desde o início da semana, vem intensificando o treinamento de funcionários sobre as mudanças de itinerários das linhas que chegam ao Centro. Mais de 400 instrutores, fiscais, despachantes e monitores das empresas envolvidas nas alterações no trânsito participaram de cursos com a equipe técnica da entidade, recebendo material informativo sobre as principais mudanças, com mapas e descrições dos novos trajetos. Eles atuaram como multiplicadores em cada empresa, orientando motoristas e cobradores. Uma das palestras teve transmissão ao vivo para as garagens. Um vídeo revelando as novas mudanças também foi preparado e repassado às empresas, e poderá ser consultado pela população no site e nas contas das redes sociais do Rio Ônibus. Equipes de apoio, que vão ajudar os passageiros nas ruas, também foram treinadas.

Nos ônibus, também serão colados cartazes com indicações sobre os novos itinerários, destacando para os passageiros as vias principais por onde os veículos não passam mais. Nos ônibus equipados com TVs, também haverá inserções alertando os passageiros e informando os canais de comunicação com o Rio Ônibus. Dúvidas podem ser esclarecidas por meio do telefone 0800 886 1000.

TÁXIS

Serão implantados sete novas áreas de embarque e desembarque de táxis no Centro do Rio. São eles:

- Rua Buenos lateral da edificação nº 118 da Rua Uruguaiana, no trecho entre Praça Olavo Bilac e Rua Uruguaiana;

- Rua da Assembleia em frente ao nº 51, entre Rua do Carmo e Rua da Quitanda;

- Avenida Almirante Barroso em frente ao n° 63, esquina com Rua México;

- Avenida Graça Aranha em frente à Rua Pedro Lessa;- Rua México em frente ao nº 70, entre Rua Santa Luzia e Rua Pedro Lessa;

- Rua México em frente ao nº 114, entre Rua Araújo Porto Alegre e Avenida Almirante Barroso;

- Rua Gomes Freire em frente ao nº 55, entre Rua da Constituição e Avenida Visconde do Rio Branco.

Operação de táxis na Avenida Rio Branco, entre a Av. Presidente Vargas e o Aterro do Flamengo

Sentido Cinelândia – 3 faixas

2 faixas exclusivas para ônibus

1 faixa compartilhada com táxis (faixa central)

Neste trecho, NÃO será permitida parada para embarque e desembarque de táxis na Avenida Rio Branco.

Será permitido o giro dos táxis nas transversais à direita, seguindo as regras dos corredores BRS.

Será permitido o ingresso de táxis a partir da Avenida Rio Branco e das vias transversais.

Sentido Candelária – 2 faixas (inversão de mão)

2 faixas exclusivas para ônibus

Neste sentido, não será permitida passagem de táxis

PROIBIÇÃO DE CIRCULAÇÃO DE VANS

Fica proibida a circulação de vans do Transporte Especial Complementar (TEC) nas seguintes vias: Avenida Rio Branco, Rua Camerino, Avenida Passos, Avenida República do Paraguai, Avenida Presidente Antônio Carlos e Rua Primeiro de Março.

TRENS

Desde o dia 27 de janeiro, a SuperVia oferta 1 milhão e 600 mil lugares distribuídos em 823 viagens. Adicionalmente à operação regular, com intervalo máximo de 15 minutos entre as composições nos horários de pico, a SuperVia oferece trens expressos no ramal Japeri e partidas extras no terminal Gramacho, que atendem a municípios da Baixada Fluminense, no período da manhã. À noite, no movimento de volta para casa, estes ramais também contam com trens expressos que partem da Central do Brasil. A concessionária também reforçou sua equipe de atendimento nas estações e conta com o serviço de "Posso Ajudar?" para a orientação dos passageiros.

METRÔ

Continuará com a operação de horário de pico estendida, que amplia a oferta de lugares. Além disso, a concessionária reforçará a frota dos ônibus do serviço Metrô Na Superfície bem como o efetivo de bilheteria e agentes de segurança nas estações, intensificando ainda mais o atendimento e orientação aos usuários.

BARCAS

A CCR Barcas, além de atuar com o efetivo reforçado nas estações, seguirá com os postos avançados do Estaleiro em todas as estações para ganhar eficiência e eficácia nos procedimentos de manutenção corretiva das embarcações.

Vale lembrar que, nessas duas primeiras semanas sem o Elevado da Perimetral, o fluxo de passageiros aumentou, em média, 7,2% em todo o sistema se comparado ao mesmo período do ano passado. Somente na linha do Cocotá a procura pelo serviço quase dobrou (95,4%) e a frota da concessionária seguirá operando em sua capacidade máxima.

NOVO ESTACIONAMENTO NA LEOPOLDINA

A SuperVia disponibiliza um estacionamento rotativo com capacidade para 350 vagas, localizado na estação Leopoldina. O local é estratégico por escoar o fluxo de veículos provenientes da Avenida Brasil, Linha Vermelha, Ponte Rio-Niterói e zonas Norte e Sul da cidade. A entrada ao estacionamento pode ser feita pela Av. Francisco Bicalho e pela Rua Francisco Eugênio. Os motoristas poderão contar com o espaço de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h, com valor promocional de R$ 20. Adicionalmente, é oferecido transporte com vans que realizarão trajeto Leopoldina – Candelária –Leopoldina, no valor de R$ 10 (ida e volta). Na ida, o veículo fará paradas em frente à Prefeitura (Rua Irmão Bernadeli), à estação Praça Onze (Rua Afonso Cavalcanti) e à Candelária (Praça Pio X com Rua da Quitanda). Na volta, os pontos são na Candelária e em frente à estação Cidade Nova (Avenida Presidente Vargas).

MUDANÇA DE HORÁRIO DA COLETA DE LIXO

A Comlurb, com o propósito de garantir um serviço eficiente e sem transtornos no Centro do Rio, altera para as 21h o horário da coleta domiciliar noturna na Avenida Rio Branco, a partir desta segunda-feira (17/02). A mudança do horário da coleta foi devido à alteração do fluxo e restrição do tráfego de veículos na avenida, por conta do fechamento do Mergulhão da Praça XV e da interdição do elevado da Perimetral. Pede-se que todos colaborem, disponibilizando o lixo em horário próximo à passagem do caminhão. O não cumprimento acarretará aplicação de multa prevista na Lei de Limpeza Urbana. Os moradores estão sendo comunicados com folhetos entregues porta a porta pela Comlurb.

ROTAS CICLOVIÁRIAS

A primeira, de 1,3 km, vai chegar ao Largo da Carioca passando pela Avenida Graça Aranha. A segunda, de 0,5 Km, chegará à Cinelândia, pela Avenida Beira Mar, mas quem preferir pedalar até a Praça XV, poderá usar a terceira opção de rota, com 1,2 Km de extensão, cruzando a Rua Santa Luzia. Todo o trecho foi sinalizado e também foram feitas intervenções como mudança de piso e rebaixamento de meio fio. O trabalho conta ainda com a instalação de 90 bicicletários públicos, cada um com capacidade para duas bicicletas, e esta será mais uma alternativa para o carioca chegar ao Centro da cidade ou fazer conexão com o transporte público, como as barcas e o metrô.

Programa Bike Rio chega ao Centro da cidade

Para quem quiser alugar a bicicleta, uma novidade: o Programa Bike Rio será expandido, ainda este mês, para o Centro com 12 estações: Rua Graça Aranha, Largo da Carioca, Avenida Nilo Peçanha, Avenida Almirante Barroso, Fórum, Marechal Câmara, Praça Rui Barbosa, Paço Imperial, ABL, Aeroporto, MAM e Praça Mauá.O projeto, uma parceria da prefeitura com o Banco Itaú e a empresa Serttel, conta com 60 estações e 600 bicicletas no Rio. O trabalho segue com a meta de atingir 450 km até 2016, distribuídos em todas as regiões do Rio. Todo este trabalho garantiu ao Rio o título brasileiro de Capital da Bicicleta e, atualmente, a cidade dispõe da segunda maior malha cicloviária da América Latina. 

Tags: alterações, Centro, Rio, Trânsito, Transportes

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.