Jornal do Brasil

Domingo, 23 de Novembro de 2014

Rio

Prefeitura lança guia dos bens tombados do Rio de Janeiro

Jornal do Brasil

A Prefeitura do Rio lançou nesta quinta-feira (13), no Palácio da Cidade, em Botafogo, a quinta edição - revista e ampliada - do Guia dos Bens Tombados da Cidade do Rio de Janeiro. Com uma tiragem de oito mil exemplares, a publicação tem uma versão em inglês e apresenta três mil bens tombados da cidade nas três esferas – municipal, estadual e federal-, com informações sobre cada um deles. Nome, endereço, data e esfera de tombamento, além breve histórico, também estão disponíveis no aplicativo oficial do Guia do Patrimônio Cultural Carioca – o primeiro do gênero no Brasil, que já está disponível para Android e iOS.

Lançado pela primeira vez em 1992, com 461 itens, a publicação cresceu e, atualmente, apresenta seis vezes mais patrimônios listados do que a primeira versão. Comparando com a última edição (2008) do Guia, a cidade ganhou 220 novos bens. As outras edições foram publicadas em 1996 e 2000.

A reedição do Guia dos Bens Tombados é prova da preocupação do poder público na proteção do patrimônio cultural. Ao todo, os patrimônios da cidade estão distribuídos por 84 bairros das zonas Norte, Oeste, Sul e Centro. São mais de dois mil bens arquitetônicos, 23 bens imateriais e cerca de 200 estátuas, monumentos, coretos, fontes e chafarizes. O Guia também conta com cerca de 30 áreas públicas tombadas, além de 60 elementos naturais, acervos bibliográficos e museográficos, mobiliário urbano, pinturas, painéis e obras de arte.

Para o presidente do Instituto Rio Patrimônio da Humanidade, Washington Fajardo, a nova edição do Guia mostra o momento de transformação da cidade: "O Rio está crescendo, áreas abandonadas estão sendo retomadas e modificadas. Ao mesmo tempo, estamos mantendo o nosso acervo de bens culturais materiais e imateriais, imprescindíveis para a memória da cidade. No presente, estamos construindo o futuro sem esquecer do passado”.

Junto com a reedição do Guia, o IRPH inova e lança o aplicativo oficial do Guia do Patrimônio Cultural Carioca. A nova tecnologia foi desenvolvida pela empresa Weway e permite aos usuários conhecerem os bens tombados de toda a cidade com um simples toque.

Com o aplicativo, é possível encontrar os bens tombados mais próximos, fazer buscas por nome, bairro ou endereço e obter direcionamento para chegar até os locais. O usuário também pode salvar os bens na seção favoritos e compartilhá-los no Facebook. Todas as informações do Guia dos Bens Tombados impresso também estão disponíveis na versão eletrônica.

“É uma inovação. Este é o primeiro aplicativo que dá à população a oportunidade de conhecer os bens tombados da sua cidade. O Rio de Janeiro vive um momento nico e precisa valorizar o seu patrimônio. De forma prática, o aplicativo ajuda a compreender a importância de cada um dos bens tombados”, afirma Washington Fajardo.

A reedição do Guia dos Bens Tombados da Cidade do Rio de Janeiro e a construção do aplicativo são frutos da parceria entre o poder público e o privado. A quinta edição foi apoiada pela Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi), Sinduscon-Rio e grupo WTorre.

O Guia pode ser adquirido na sede do IRPH, na Rua Gago Coutinho, 52 – 3 andar, em Laranjeiras.  

Tags: históricos, irph, prédios, Rio, Tombamento

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.