Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Julho de 2014

Rio

Rio de Paz realiza ato público em homenagem a cinegrafista da Band

Jornal do Brasil

O Rio de Paz, filiado ao Departamento de Informação Pública da ONU, realizará nesta quinta-feira, entre 6h e 13h, nas areias de Copacabana, em frente à Avenida Princesa Isabel, ato público em memória do cinegrafista Santiago Ilídio Andrade, da TV Bandeirantes, morto após ser atingido na cabeça por um rojão enquanto registrava o confronto entre manifestantes e policiais durante protesto contra o aumento da passagem de ônibus, no Centro do Rio.

O objetivo da manifestação é expressar solidariedade à família e aos profissionais da imprensa que se encontram consternados com a tragédia. O Movimento enfatiza ainda que para atingir qualquer mudança que a sociedade brasileira queira alcançar através das manifestações de rua, a presença da imprensa é essencial, uma vez que é ela que dá visibilidade às causas defendidas pelo povo.

Para Antônio Carlos da Costa, a morte do Santiago foi um duro golpe no trabalho das instituições que dependem da imprensa para dar visibilidade às suas causas. "Esperamos que essa morte desperte a sociedade civil e o poder público para a importância de se oferecer condições seguras de trabalho para profissionais cujo exercício da profissão é uma das principais salvaguardas da democracia”.

Para o protesto, o Movimento colocará uma cruz preta de 15 metros e uma câmera em um tripé apontada para baixo, simbolizando o fim de sua atividade profissional. Um cartaz com os dizeres “Santiago Ilídio Andrade: em memória de quem morreu no exercício de profissão de valor indispensável para a democracia”.

Após o ato, os profissionais da imprensa presentes serão convidados a colocar seus equipamentos no chão por 5 minutos como forma de protesto e apoio aos parentes do cinegrafista.

 

Tags: acusado, band, cinegrafista, morte, rojão

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.