Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

Rio

Após romper com PT, Cabral indica PSD para pasta de Ambiente

Portal Terra

Após confirmar, no dia 25 de janeiro, a exoneração de dois secretários de seu governo filiados ao PT - Carlos Minc, da Secretaria de Meio Ambiente, e Zaqueu Teixeira, da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos -, o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), anunciou neste domingo o presidente fluminense do PSD, Indio da Costa, como seu secretário de Meio Ambiente. Ele foi candidato a vice-presidente na chapa de José Serra (PSDB), em 2010, quando integrava os quadros do DEM.

Em nota, o governo do Rio de Janeiro afirmou que Indio aceitou pedido feito por Cabral para ocupar a pasta. De acordo com a administração estadual, a nomeação do novo secretário será oficializada na segunda-feira.

De acordo com o governo, Indio terá como missão “aprofundar ainda mais as políticas de desenvolvimento sustentável e preservação do meio ambiente no Estado do Rio de Janeiro".

Após a movimentação de Cabral em atrair o PSD para sua base, o PSD afirmou, em nota, que o ingresso da sigla no governo se dá “pela afirmação de ideias e programas que asseguram o sentido republicano do Estado e determinam suas políticas públicas”. “O PSD, tão pouco o governo, podem se apequenar diante do histórico e persistente fisiologismo brasileiro, em detrimento do desejo da sociedade e da qualidade dos serviços.”

Entre as propostas apresentadas em carta programática, Indio aponta como objetivos, entre outros, “estabelecer parceria com a Petrobras via compensação ambiental para contribuir com a realização da linha 3 do metrô”, criar um gabinete para enfrentar desastres ambientais e acelerar projetos desenvolvidos de despoluição da Baia de Guanabara, das lagoas da Barra da Tijuca e Jacarepaguá.

Tags: cabral, Governador, Indio, nomeação, secretário

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.