Jornal do Brasil

Quarta-feira, 23 de Abril de 2014

Rio

Jornal do Brasil homenageia Dom Orani Tempesta

O perfil e a missão do arcebispo que será cardeal

Jornal do Brasil

A partir deste sábado (1/2) o Jornal do Brasil faz uma homenagem ao arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, que no próximo dia 22 receberá do papa Francisco, em Roma, o título de cardeal. A nomeação era esperada pelo povo carioca, como um reconhecimento de seu trablho e um presente para a cidade. A honraria, no entanto, pegou Dom Orani de surpresa, em plena Trezena de São Sebastião, e não alterou sua rotina de missas e orações em todos os lugares da cidade, sem nenhum tipo de distinção, como sempre fez e como certamente continuará fazendo ao longo de sua missão pastoral.

Nossa homenagem será em forma de artigos, dos mais diferentes autores, que ao longo desses dias, até receber o título de cardeal, serão publicados aqui no JB, traçando um perfil de nosso arcebispo, que conquistou a simpatia e admiração de todos os cariocas e, porque não dizer, de milhões de brasileiros. Sua humildade, despojamento e simplicidade no trato com os fiéis são reconhecidos em todo o país. Com sua tradicional serenidade, Dom Orani nos traz as palavras do Evangelho e nos orgulha pela nobre missão que cumpre.

O primeiro artigo em homenagem a Dom Orani, tem como autor o economista e ex-ministro do Planejamento, João Paulo Reis Velloso que atualmente preside o Fórum Nacional. O texto ressalta as mudanças que estão sendo feitas pelo papa Francisco, de uma Igreja voltada para os pobres e nosso arcebispo reflete bem essa transformação.

Leia abaixo o artigo:

Dom Orani – Imagem de uma Igreja realmente cristã

João Paulo dos Reis Velloso

Ninguém melhor que Dom Orani para liderar os trabalhos de preparação da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que em julho de 2013 trouxe ao Rio de Janeiro o Papa Francisco e cerca de 3,5 milhões de pessoas do mundo inteiro.

João Paulo dos Reis Velloso
João Paulo dos Reis Velloso

Sabemos todos que o papa Francisco está criando uma Igreja realmente cristã e, como Francisco de Assis, voltada para os pobres e a Comunhão (Comunicação) Universal.

Natural, por isso, que D. Orani tenha sido escolhido por ele Cardeal, o único no Brasil: é a imagem fiel dessa nova Igreja que o Papa está querendo criar.

E carioca bem brasileiro: nascido em São José do Rio Pardo (SP), Diocese que foi Bispo (e também em São José do Rio Preto), Arcebispo de Belém e, a partir de 2009, Arcebispo do Rio.

De um lado, D. Orani foi Presidente, de 2003 a 2011,da Comissão Episcopal para a Cultura, Educação e Comunicação Social da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).

De outro, segue à risca as recomendações do Papa Francisco, “que quer uma Igreja próxima do povo”.

Porque ser cristão é isso: estar próximo de todos, e principalmente dos “humilhados e ofendidos”.

Como disse o próprio Cristo:

“Eu te louvo, ó Pai, Senhor do Ceu e da Terra, porque ocultastes estas coisas aos sábios e doutores, e as revelastes aos pequeninos”.

Tags: arcebispo, artigos, cardeal, dom orani, papa francisco

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.