Jornal do Brasil

Domingo, 23 de Novembro de 2014

Rio

Polícia multa 111 caminhoneiros por tráfego irregular na Linha Amarela

Agência Brasil

Em blitz realizada na manhã desta quarta-feira  (29), a Polícia Militar do Rio multou 111 motoristas de caminhão que trafegavam em horário proibido na Linha Amarela. Para facilitar o trânsito nos horários de maior movimento, a prefeitura proibiu a passagem de veículos de carga das 6h às 10h e das 17h às 20h. A fiscalização cabe ao Batalhão de Policiamento de Vias Expressas, com apoio da concessionária que administra a via.

Foi na Linha Amarela que um caminhão com a caçamba levantada se chocou ontem contra uma passarela. A passagem de pedestres caiu sobre dois carros e deixou cinco mortos e quatro feridos. O caminhão circulava em horário proibido e estaria em velocidade acima da autorizada.

Em nota, a Secretaria Municipal de Transportes garantiu que não há relação entre o acidente e o horário restrito de circulação e que não houve tempo hábil para que nenhuma ação fosse tomada para evitar a colisão.

Nos últimos dois anos, 6.576 caminhões foram multados na via expressa por diversas causas. A multa para os veículos de carga que circulam em horário proibido é R$ 85,30, de acordo com o artigo 187 do Código de Trânsito Brasileiro.

Principal ligação da Barra da Tijuca e Jacarepaguá com a zona norte e o centro da cidade, a Linha Amarela tem tráfego diário de 130 mil veículos. No último mês, 2.734 multas foram aplicadas a motoristas que apresentaram alguma irregularidade.

Tags: .expressa, acidente, mortos, Rio, via

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.