Jornal do Brasil

Quarta-feira, 1 de Outubro de 2014

Rio

Aluno que disse ser dependente de doméstica é expulso da Uerj

Jornal do Brasil

Um estudante de Medicina foi expulso da Uerj no fim do ano letivo de 2013 por ter fraudado o sistema de cotas no vestibular. Jovem de classe média da Zona Sul do Rio, ele afirmou no ato da inscrição que era dependente de sua empregada doméstica para poder se enquadrar no critério que determina que a cota só vale se o candidato tiver renda per capita familiar de R$ 960 mensais. 

O caso foi denunciado por colegas, que perceberam a distorção. Segundo o reitor, Ricardo Vieiralves, o próprio aluno - que cursou o ensino médio em escola pública - acabou confessando que burlou a documentação. 

O jovem foi expulso e o caso foi encaminhado para o Ministério Público e para a Polícia Civil.

Tags: burlou, cota, expulsão, Rio, universidade

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.