Jornal do Brasil

Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014

Rio

Trens do Rio voltam a circular após 13 horas de paralisação

Jornal do Brasil

Treze horas depois do descarrilamento que interrompeu totalmente a circulação de trens no Rio de Janeiro, a SuperVia informou que retomou totalmente o funcionamento do sistema ferroviário de passageiros às 18h15 desta quarta-feira (22). O serviço foi interrompido às 5h15 nas estações São Cristóvão, Praça da Bandeira e Central do Brasil, após o descarrilamento do trem perto de São Cristóvão, na Zona Norte. Não houve feridos no acidente.

Com o incidente, a estrutura que sustenta os cabos da rede aérea foi danificada e interrompeu o fornecimento de energia no trecho entre as estações Mangueira e Central do Brasil.

Os ramais Saracuruna e Belford Roxo foram reabertos às 16h. Os trechos Santa Cruz, Japeri e Deodoro voltaram a operar às 18h15, 13 horas após a interrupção. 

Técnicos trabalharam durante toda a quarta-feira para restabelecer o serviço de trens
Técnicos trabalharam durante toda a quarta-feira para restabelecer o serviço de trens

>> Composição descarrila e causa caos na circulação de trens no Ri

>> Veja histórico de acidentes em linhas de trem no Rio

>> Secretário Júlio Lopes é hostilizado por passageiros da SuperVia

>> Trens urbanos: o retrato de um governo que descarrilou

>> Rio: Procon fiscaliza direito de passageiros em pane da Supervia

Internautas reclamaram da qualidade dos serviços prestados pela SuperVia
Internautas reclamaram da qualidade dos serviços prestados pela SuperVia

A Prefeitura implantou uma operação de emergência de ônibus para atender a demanda de passageiros durante a volta para casa. A Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Rio (Fetranspor) informou, através de nota, que ônibus de linhas municipais e intermunicipais aceitariam os bilhetes da SuperVia, a pedido do governador Sergio Cabral.

Já o Metrô Rio informou mantém o esquema especial de reforço da frota enquanto for necessário, para amenizar os problemas pela falta de trens. 

Antes da reabertura, ônibus extras e gratuitos, partindo da Central, foram disponibilizados para quem precisava seguir para os ramais Deodoro, Santa Cruz e Japeri.

Agetransp anuncia multa para a SuperVia por acidente

E a Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários e Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro (Agetransp) informou por meio de nota que irá multar a concessionária SuperVia por falhas detectadas no plano de contingência, na comunicação e no atendimento aos usuários do sistema de trens urbanos após o descarrilamento de um trem nesta quarta-feira na altura da estação São Cristóvão, Zona Norte da capital. 

O comunicado diz ainda que "o conselheiro presidente da Agetransp, Cesar Mastrangelo, e técnicos da agência se deslocaram para o local tão logo ocorrido o acidente para acompanhar o trabalho de apuração e o atendimento aos usuários".

Além disso, peritos da agência se encaminharam à oficina da concessionária para produzir laudo detalhado no trem que descarrilou. As causas do incidente ainda estão sendo investigadas.

Passageiro publicou no Youtube o caos da Estação São Francisco Xavier. Confira:

Tags: acidente, caos, paralisação, RJ, trens

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.