Jornal do Brasil

Terça-feira, 2 de Setembro de 2014

Rio

Secretário Júlio Lopes é hostilizado por passageiros da SuperVia

Jornal do Brasil

Ao chegar para realizar uma vistoria após o descarrilamento de trem da SuperVia entre as estações São Cristóvão e Maracanã, na Zona Norte do Rio, o secretário estadual de Transportes, Júlio Lopes, foi hostilizado por passageiros. Seguranças chegaram a ser chamados para proteger o secretário. 

Lopes afirmou que os problemas recorrentes nos trens da SuperVia são culpa das décadas de abandono e que daqui a dois anos todas as antigas composições serão substituídas. Alguns trens têm até 30 anos.

O secretário municipal de Transportes, Carlos Roberto Osório, foi até a estação São Francisco Xavier para orientar os passageiros, e pediu para quem não tem muita urgência, não ir para o Centro da cidade na manhã desta quarta-feira.

O trem que descarrilou seguia da Central do Brasil para Saracuruna, quando saiu dos trilhos. O problema ocorreu às 5h15 e não deixou feridos.

Por causa do acidente, a circulação de trens foi prejudicada em todos os ramais. A circulação nos ramais Saracuruna e Belford Roxo ocorre entre as estações terminais e a estação Triagem e os trens dos ramais Deodoro, Japeri e Santa Cruz circulam destas estações até a estação Engenho de Dentro. Segundo levantamento feito pela SuperVia em junho de 2013, 540 mil pessoas utilizam o sistema diariamente.

Passageiro publicou no Youtube imagens da Estação São Francisco Xavier, que ficou lotada após a paralisação dos trens. Confira:

A Agetransp divulgou nota informando que vai multar a SuperVia por falhas no plano de contingência, comunicação e atendimento aos usuários. Veja a nota:

A Agetransp irá multar a Concessionária SuperVia por falhas detectadas no plano de contingência, na comunicação e no atendimento aos usuários do sistema de trens urbanos. O Conselheiro Presidente da Agência Reguladora, Cesar Mastrangelo, e técnicos da Agetransp deslocaram-se para o local tão logo ocorrido o descarrilamento no início da manhã de hoje (22/01), nas proximidades da estação São Cristóvão, a fim de acompanhar o trabalho de apuração e o atendimento aos usuários. Peritos da Agência se encaminharam à oficina da Concessionária com o objetivo de produzir laudo detalhado no trem que descarrilou. As causas do incidente ainda estão sendo investigadas.

Tags: passageiro, problema, Rio, supervia, trem

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.