Jornal do Brasil

Terça-feira, 30 de Setembro de 2014

Rio

Composição descarrila e causa caos na circulação de trens no Rio

Jornal do Brasil

Um trem descarrilou na manhã desta quarta-feira no Rio de Janeiro na altura da estação São Cristóvão, na zona norte, uma das mais movimentadas da SuperVia. Segundo a concessionária, o trem seguia da Central do Brasil para Saracuruna, quando saiu dos trilhos. O problema ocorreu às 5h15 e não deixou feridos.

Por causa do acidente, a circulação de trens foi prejudicada em todos os ramais. A circulação nos ramais Saracuruna e Belford Roxo ocorre entre as estações terminais e a estação Triagem e os trens dos ramais Deodoro, Japeri e Santa Cruz circulam destas estações até a estação Engenho de Dentro. Segundo levantamento feito pela SuperVia em junho de 2013, 540 mil pessoas utilizam o sistema diariamente.

Trem descarrilou nesta manhã
Trem descarrilou nesta manhã

>> Secretário Júlio Lopes é hostilizado por passageiros da SuperVia

Centenas de passageiros tiveram que descer a pé dos trens e andar sobre os trilhos, em busca de outros meios de transporte para chegar ao trabalho na manhã desta quarta-feira, como ônibus e metrô. A estação de metrô de Triagem ficou totalmente lotada, e a concessionária Metrô Rio chegou a fechar as portas para fazer o controle de entrada de passageiros. 

Muitos passageiros reclamam da falta de informações e de que os bilhetes fornecidos pela SuperVia para compensar o fato de não terem conseguido concluir o trajeto não valem para ônibus, mas somente para trens. Com isso, eles estão sendo obrigados a desembolsar mais dinheiro para prosseguir a viagem até seu destino final.

Problemas envolvendo a SuperVia se tornaram uma rotina, para tormento dos milhares de passageiros que dependem diariamente do meio de transporte para ir e voltar do trabalho. Em setembro de 2013, o Jornal do Brasil já alertava para o problema na reportagem "Diário sobre trilhos: 15 anos de problemas e falhas da SuperVia"

>> Confira aqui

O Metrô Rio anunciou nesta quarta-feira que vai aumentar o número de bilhetes e fazer intervalos menores entre os trens. O reforço será feito na Linha 2 para atender o aumento da demanda de quem faz o trajeto Subúrbio-Centro. Os intervalos entre as composições também foram reduzidos para 4 minutos e 10. Além disso, trens extras foram deslocados para pontos estratégicos como Triagem e Central do Brasil.

Passageiro publicou no Youtube o caos na estação São Francisco Xavier. Confira:

A SuperVia reforçou as equipes de atendimento e de segurança nas estações, iniciando a distribuição de vale-viagem, declaração de atraso e devolução em espécie do valor da passagem aos clientes.

Uma equipe técnica da SuperVia permanece no local do descarrilamento para realizar os reparos na infraestrutura da via férrea. Segundo a concessionária, com o descarrilamento, a estrutura que sustenta os cabos da rede aérea foi danificada e interrompeu o fornecimento de energia no trecho entre as estações Mangueira e Central do Brasil. 

A Agetransp divulgou nota informando que ainda não há previsão do restabelecimento do tráfego. Veja a nota:

A Agetransp detectou, através de seu Centro de Monitoramento, descarrilamento nas proximidades da estação São Cristóvão da Concessionária SuperVia. O incidente, ocorrido no início da manhã de hoje (22/01) ocasionou a interrupção de circulação dos trens que seguiam daquela estação em direção a Central do Brasil, afetando o transporte de passageiros em todos os ramais . Até o momento, não há previsão do restabelecimento do tráfego. Técnicos da Agetransp foram enviados ao local para proceder perícia e acompanhar o atendimento aos usuários.  A Agetransp também deslocou uma equipe para o Centro de Controle Operacional da SuperVia para solicitar informações da Concessionária sobre o incidente.

Com Portal Terra

Tags: passageiro, problema, Rio, supervia, trem

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.